Presídio Estadual Feminino de Rio Pardo atenderá comarcas de seis municípios, dentre elas Cachoeira do Sul

O Presídio Estadual Feminino de Rio Pardo foi inaugurado na segunda-feira (23/5) pontuando mais um avanço em direção ao tratamento das particularidades de mulheres apenadas. A unidade prisional terá capacidade para 74 vagas, destinadas ao recolhimento de apenadas das comarcas de Rio Pardo, Santa Cruz, Vera Cruz, Candelária, Sobradinho e Cachoeira do Sul. A iniciativa do Governo do Estado é realizada por meio da Secretaria de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo (SJSPS) e da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe).

“Além de unidades novas, estamos num momento importante de resgate, reforma e ampliação de unidades já existentes, neste caso reafirmando a nossa preocupação e respeito a estas mulheres, cumprindo o nosso Plano de Atenção às Privadas de Liberdade e Egressas do Sistema Prisional, na busca de oferecer um melhor atendimento, num espaço que permita o acolhimento e o resgate dessas pessoas, para poderem se aprimorar e voltarem ao convício social depois de cumprida a pena”, afirmou o secretário Mauro Hauschild (SJSPS).

Segundo o superintendente da Susepe, José Giovani Rodrigues de Souza, a unidade estava fechada, passou por uma reforma estrutural, e, agora, abre para atendimento exclusivamente feminino. “Isso vai possibilitar a potencialização do tratamento penal a esse público específico”, completou.

Foto Alefer Dias
Secretário Brum, delegada penitenciária Samantha Longo e secretário Hauschild – Foto: Alefer Dias / Ascom Susepe

Samantha Longo, delegada penitenciária da 8ª Região, também destacou a importância da medida. “A 8ª Região Penitenciária passa a ter duas unidades prisionais de referência de recolhimento feminino, extinguindo qualquer tipo de recolhimento misto, alcançando mais um dos eixos do trabalho de tratamento penal que vem sendo feito pelo Governo, pela SJSPS e pela Susepe, implementando políticas públicas direcionadas à melhoria das condições de custódia e assistência dessa parcela da população”, disse.

Também participaram da inauguração, Edson Brum, secretário de Desenvolvimento Econômico; Luciane Morsch Glesse, juíza da Vara de Execuções Criminais Regional; e Magali Wickert de Oliveira, juíza da Vara de Execuções Criminais de Rio Pardo. Estiveram presentes ainda o coordenador do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) da Região Sul, Helder Jacoby, e diversos servidores da SJSPS e da Susepe.

Durante a inauguração do Presídio, apenadas da unidade prisional e jovens multiplicadoras do Centro da Juventude (CJ) Cruzeiro, em conjunto com a artista visual Sabrina Brum, realizaram uma pintura de grafite em um dos muros do local.

Entrega de coletes, viatura e armamentos

No evento, foram entregues mais de 300 coletes balísticos para os agentes penitenciários da 8ª Região, quatro fuzis para o Grupo de Intervenção Regional da 8ª Região e para unidades prisionais, além de uma das cinco viaturas administrativas para transporte de apenadas previstas para a região, a qual foi destinada ao Presídio Feminino de Lajeado. A entrega faz parte do projeto de distribuir, até o final do mês de maio, 4.914 coletes, garantindo o recebimento de um colete individual para cada agente penitenciário do sistema prisional.

Converse com a Fandango