Assembleia reforça campanha “Valores Que Ficam” para destinação do IR a projetos sociais

A 13 dias do encerramento do prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda, no dia 31 de maio, a Assembleia Legislativa intensifica a divulgação da campanha Valores que Ficam, que estimula a destinação pelos contribuintes de parte do imposto devido para entidades beneficentes do RS. O assunto foi debatido  pelo presidente da Assembleia, deputado Valdeci Oliveira, e representantes de instituições parceiras da campanha, que desde 2019 busca estimular a destinação pelos contribuintes de 6% do imposto a pagar para o Fundo da Criança e do Adolescente ou o Fundo da Pessoa Idosa.
Desde o mês de abril, a campanha Valores que Ficam está sendo exibida na TV Assembleia e nas redes sociais do Parlamento gaúcho.
Conforme o presidente da Assembleia, ainda há muitas pessoas que desconhecem a possibilidade de direcionar para entidades gaúchas o valor a pagar no imposto de renda. Valdeci deu o exemplo de Santa Maria, que no ano passado recebeu parcela expressiva de recursos e a APAE local conseguiu promover melhorias para o atendimento das pessoas com deficiência. A ideia é estimular os municípios para que divulguem a campanha, uma vez que o retorno desse recurso beneficia diretamente as entidades sociais vinculadas.
O superintendente de Comunicação e Cultura, jornalista Tiago Machado, salientou que, nesta reta final da campanha, a divulgação da iniciativa será ampliada especialmente nas redes sociais, buscando atingir de forma massiva os contribuintes antes do final do prazo de entrega da declaração, no dia 31.
O assunto foi debatido na Sala da Presidência da Assembleia Legislativa e reuniu, além de Valdeci Oliveira, o presidente do SESCON/RS, Flávio Duarte Ribeiro Júnior, o vice-presidente de Fiscalização do Conselho Regional de Contabilidade, contador Juliano Bragatto Abadie, a chefe de Gabinete do presidente da Assembleia, Eluza Rafo,  o superintendente-Geral da Assembleia, Genil Pavan, de Comunicação e Cultura, jornalista Tiago Machado, a diretora de Publicidade, Mariana Martinez, e o diretor do Fórum Democrático da Assembleia, Major Ney Câmara.
Também participou do encontro o humorista gaúcho Jair Kobe, o Guri de Uruguaiana, que ao lado do cantor Renato Borghetti protagoniza as peças de comunicação da Assembleia para a campanha. E o ex-presidente da AL, deputado Ernani Polo (PP).
Valores que Ficam
Os contribuintes podem destinar até 6% do imposto de renda devido para causas sociais, com o limite de até 3% para o Fundo da Criança e do Adolescente e até 3% para o Fundo da Pessoa Idosa. Os valores serão repassados integralmente aos projetos cadastrados pelas entidades sociais, previamente aprovadas pelos órgãos de fiscalização. São parceiros da campanha o Conselho Estadual da Pessoa Idosa e o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente; o Conselho Regional de Desenvolvimento e Conselho Regional de Contabilidade, assim como a Defensoria Pública e outras 15 instituições.
Converse com a Fandango