Número de assassinatos continua em queda no Brasil

O número de assassinatos continua em queda no Brasil neste ano. No primeiro trimestre, foram registradas 10,2 mil mortes violentas, o que representa uma baixa de 6% em relação ao mesmo período do ano passado.

Estão contabilizadas nesse número as vítimas de homicídios dolosos (incluindo os feminicídios), latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Os dados, divulgados nesta quarta-feira (18)  fazem parte do Monitor da Violência, que compila informações oficiais dos 26 Estados e do Distrito Federal.

Segundo especialistas, o menor número de mortes é motivado por um conjunto de fatores, incluindo mudanças na dinâmica do mercado de drogas; maior controle e influência dos governos sobre os criminosos; apaziguamento de conflitos entre facções; políticas públicas de segurança e sociais; e redução do número de jovens na população.

Na contramão do País, cinco Estados registraram alta nas mortes violentas intencionais no primeiro trimestre: Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí e Rondônia – que teve o maior aumento nos crimes: 48%. O Acre apresentou a maior queda: 30%.

Em 2021, o Brasil teve uma redução de 7% no número de assassinatos, conforme o Monitor da Violência. Foram registradas 41,1 mil mortes violentas intencionais no País no ano passado, o menor número desde 2007.

fonte O Sul

Converse com a Fandango