Indústria gaúcha tem crescimento de 2% em março, diz IBGE

A produção industrial avançou em 9 dos 15 locais pesquisados em março. Os dados da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional, foram divulgados nesta terça-feira, 10, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A indústria do Rio Grande do Sul é a quinta com maior crescimento (2,0%) em março na comparação com igual mês de 2021, atrás de Minas Gerais (22,9%), Bahia (8,6%), Rio de Janeiro (5,4%) e, São Paulo (2,9%) Ceará (4,7%) no mesmo período.

A produção industrial nacional caiu 2,1% ante março de 2021, como revelou o IBGE na semana passada. Os piores desempenhos na comparação com igual mês de 2021 foram vistos em Santa Catarina (-9,8%), Pará (-7,2%) e Amazonas (-4,1%)

Apesar da indústria gaúcha estar entre aquelas com maior crescimento, a produção industrial do estado não apresentou crescimento na passagem de fevereiro de 2022 para março (-0,3%).

ESTADOS

O segundo melhor desempenho entre as regiões pesquisadas pelo IBGE foi o do Ceará, onde a atividade industrial cresceu 3,8% sobre fevereiro. Também houve crescimento nas indústrias de Mato Grosso (2,8%), Minas Gerais (2,4%), Rio de Janeiro (2,1%), Região Nordeste (1,8%) e Paraná (0,6%), Amazonas (0,3%) e Bahia (0,1%). Na relação à média móvel trimestral, informou o IBGE, sete dos 15 locais pesquisados apontaram taxas negativas no trimestre terminado em março, com destaque para Amazonas (-2,5%), Paraná (-2,1%) e Goiás (-1,9%).

Comente este artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Converse com a Fandango