Trabalhadores assintomáticos em Cachoeira poderão usar o exame de Covid para cumprir isolamento

O aumento considerável de pessoas positivadas para Covid procurando a Central de Triagem da UPA, com média de 129 pacientes/dia na última semana, fez a Prefeitura chamar as entidades representativas de empresários e trabalhadores para uma conversa sobre atestados e isolamento.

Sensibilizados com o pedido da Prefeitura, que estava representada na reunião pela Procuradoria Jurídica, Secretaria de Governo e de Saúde, as entidades CDL, Cacisc, Sindilojas e Sinmetel acordaram que os trabalhadores que estão positivos para Covid e que não apresentam sintomas, poderão cumprir o isolamento apresentando apenas o teste de Covid. Dessa forma, o trabalhador não precisará ir até a UPA para pegar o atestado médico. A UPA, por sua vez, concentrará esforços em atender os positivados com sintomas, que necessitam de atendimento médico.

O atestado médico será emitido pela Secretaria Municipal de Saúde, mas não será uma exigência para o cumprimento do isolamento. A nova regra já está valendo.

A Prefeitura pediu ainda que, se possível, as empresas encaminhem seus trabalhadores aos médicos do trabalho de suas respectivas organizações para agilizar a emissão de atestados médicos e solicitou o apoio das entidades quanto à vacinação contra a Covid e quanto à retomada dos protocolos básicos como uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento.

“Mais uma vez estamos pedindo o apoio das entidades e o entendimento da comunidade, pois sabemos que a pandemia é um problema que tem que ser enfrentado por todos nós, com responsabilidade e união”, pontuou o prefeito José Otávio Germano.

Converse com a Fandango