Internações por Covid-19 apresentam redução no Rio Grande do Sul

As internações em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) por conta do coronavírus apresentaram redução nas últimas duas semanas no Rio Grande do Sul. Até o início da tarde desta terça-feira, de acordo com dados da Secretaria Estadual da Saúde (SES), 271 pessoas estavam internadas em estado grave por conta da doença, ou seja, 100 hospitalizações a menos em relação há 14 dias.

Os números apontam que a pandemia voltou a patamares de junho de 2020, quando a disseminação da doença começou a ganhar força no Estado. Por outro lado, o total de internações em UTI – que envolvem todas as doenças – apresenta estabilidade desde setembro. Até o começo da tarde, a SES contabilizava 1.757 pacientes em 3.221 leitos de UTI disponíveis, o que correspondia a 54,5% de ocupação.

Em comparação a duas semanas atrás, quando havia 1.802 internações, são 45 hospitalizações a menos. Os leitos livres totalizavam 1.455. Conforme a SES, na primeira semana de dezembro foram registrados 50 óbitos por conta do novo coronavírus, além de 1.537 novos casos confirmados.

O avanço da vacinação também reflete na diminuição das internações dos hospitais da Capital. Com 597 pacientes em estado grave, dos quais 67 com diagnóstico de Covid-19, a taxa de ocupação de leitos de UTI era de 69,99%. Em relação a 14 dias atrás, quando havia 92 hospitalizações por conta da doença, são 25 casos a menos.

 

 

 

 

fonte Correio do Povo

Converse com a Fandango