Corpo de Bombeiros Militar do RS recebe reforço de 101 novos soldados

O novo comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS), coronel Luiz Carlos Neves Soares Júnior, assumiu o cargo na manhã desta quarta-feira com a previsão de um investimento total de R$ 38,6 milhões até 2022 para a instituição dentro do programa Avançar na Segurança, do Governo do Estado.

A posse ocorreu durante a solenidade de formatura de 101 novos soldados da instituição. Eles estão habilitados a partir de agora a exercerem as diversas atividades no nível inicial da carreira de nível médio de bombeiro militar, como combate e prevenção contra incêndios, busca, salvamento e defesa civil, entre outras.

Os novos soldados concluíram mais de 1,6 mil horas/aula, com disciplinas como técnicas de salvamento, técnicas de combate a incêndio, atendimento pré hospitalar e direitos humanos, além do estágio supervisionado. A cerimônia ocorreu no Teatro da Fiergs, em Porto Alegre. O governador Eduardo Leite e o vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, estiveram presentes, entre outras autoridades e convidados.

Sobre o novo contingente do CBMRS, o vice-governador e secretário destacou que a “distribuição do efetivo é de maneira estratégica para que não tenha nenhum quartel com menos de 20 bombeiros”. “Sejam felizes e fiquem à disposição e prestem o melhor serviço à sociedade gaúcha”, desejou Ranolfo Vieira Júnior aos novos soldados da instituição.

Ele lembrou que os bombeiros colocam em risco à própria vida e citou o “trágico incêndio” na SSP que resultou na morte do tenente Almeida e sargento Munhoz, do CBMRS, na noite de 14 de julho deste ano. “Ser bombeiro militar não é atividade para qualquer pessoa..É considerado um herói pela sociedade….”, observou.

 

 

 

fonte Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *