36ª Oktober inicia com destaque para integração de culturas e gastronomia

A noite de quinta-feira, 07, foi marcada pela volta do maior evento de Santa Cruz do Sul e um dos maiores do Estado. A 36ª Oktober foi aberta oficialmente no Pavilhão Central do Parque da Oktoberfest na presença de autoridades, patrocinadores, diretoria e associadas da Assemp, Coordenação Executiva e convidados. O evento segue até o dia 12, e depois retorna de 15 a 17 de outubro, com o tema Integrando Culturas, Saberes e Sabores. O evento vai funcionar em dois turnos de 4 mil pessoas cada um, das 11 às 16 horas e das 19 à meia-noite.

Na cerimônia de abertura, com todos os presentes usando máscaras e tomando todos os cuidados de distanciamento e higiene, o público começou a relembrar os bons momentos da Oktober na chegada dos bonecos símbolos do evento, Fritz, Frida, Max e Milli, ao som da Banda Heillige. Em seguida, a bandinha animou a entrada das soberanas da 36ª Oktober, a Rainha Luana Terezinha Rech e suas princesas Amanda Angélica Beckenkamp e Renata Maria Müller, acompanhadas da Soberana Destaque, Luiza Fischer de Almeida.

A Rainha falou da emoção de iniciar mais uma Oktober e convidou a todos para prestigiar os demais dias. A presidente da 36ª Oktober, Roberta Pereira, descreveu o orgulho de estar à frente da Coordenação Executiva, agradeceu a confiança da Assemp e da prefeita e também às secretarias municipais que tornaram o evento possível, bem como os voluntários que contribuem para a execução de cada atração. “É um grande desafio a realização dessa Oktober, por isso agradeço a cada um que aceitou estar aqui. A marca dessa edição é a união da tecnologia com a tradição, a mistura da cultura alemã com as outras etnias”, destacou.

Ainda se pronunciaram a secretária de Estado da Cultura Adjunta do Rio Grande do Sul, Gabriella Meindrad, que representou o Governo do Estado; e a presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputada estadual Kelly Moraes. A prefeita de Santa Cruz do Sul, Helena Hermany, ressaltou que acredita na retomada responsável da vida. “E essa Oktober pode ser uma nova oportunidade de recuperação e superação para aqueles que tiveram prejuízos e dificuldades na pandemia”.

Em seguida, Helena convidou o vice-prefeito Elstor Desbessel para assinarem o protocolo de início das obras da construção do Centro de Eventos de Santa Cruz do Sul. Com um investimento de R$ 10 milhões, a estrutura com quase 6 mil metros quadrados será construída entre os pavilhões 2 e 3 do Parque da Oktoberfest e vai sediar grandes eventos do município. “Essa obra vai, com certeza, alavancar o turismo de eventos e o desenvolvimento da nossa cidade”, acrescentou.

A Banda do 7º BIB também teve participação na execução dos hinos Nacional, Riograndense e de Santa Cruz. Assim que a cerimônia de abertura foi encerrada, os convidados foram para o interior do Parque para o tradicional desfile temático de carros, que nesta edição não acontece na Rua Marechal Floriano para evitar aglomerações. Os desfiles serão realizados durante todos os dias da Oktober.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *