México libera importação de 75 mil toneladas de arroz do Brasil com tarifa zero

O anúncio da abertura da isenção de taxa de importação para o arroz em casca brasileiro por parte do México foi comemorado pelo setor. A oficialização ocorreu nesta semana e foi comunicada pelo Departamento de Promoção Comercial e Investimentos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Segundo a Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), a notícia é muito importante para o mercado brasileiro.

Conforme o presidente da Federarroz, Alexandre Velho, essa isenção para uma cota de 75 mil toneladas vale para que o arroz chegue ao México até o final de 2021, o que garante ao Brasil uma quantidade considerável de exportação para o país. “A exportação é um investimento que o produtor tem que fazer para diminuir a oferta no mercado interno e, consequentemente, valorizar o produto”, reforça.

Ainda no ano passado, as autoridades mexicanas comunicaram ao governo federal brasileiro que havia sido aprovada uma cota tarifária plurianual para a importação de arroz em casca com uma cota de 30 mil toneladas com tarifa zero em 2020. O setor arrozeiro com o apoio do governo federal nas últimas gestões negocia desde 2015 a abertura do mercado mexicano de arroz e em 2019 foi confirmado pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, o acordo com o país da América do Norte.


Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *