“Não estiquem a corda mais do que está esticada”, diz Bolsonaro em relação a ações de governadores e prefeitos

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a indicar nesta segunda-feira (26), que pode recorrer às Forças Armadas para impedir a adoção de medidas restritivas nos Estados.

— É inconcebível os direitos que alguns governadores e prefeitos tiveram por parte do Supremo Tribunal Federal. É inconcebível. Nem estado de sítio isso aconteceria no Brasil. Não estiquem a corda mais do que está esticada — disse o presidente da República em entrevista à imprensa durante passagem pelo município de Conceição do Jacuípe, na Bahia.

— As Forças Armadas estão aí para garantir a lei e a ordem e para cumprir integralmente a nossa Constituição. Eu te devolvo a pergunta: estão ferindo o artigo 5º da Constituição ou não? — indagou ao ser questionado sobre o uso de militares para impedir toques de recolher, possibilidade mencionada pelo presidente na semana passada.

Na entrevista, Bolsonaro também afirmou não estar preocupado com as eleições de 2022:

— Não estou preocupado com 22. Vinte e dois é outra história, se eu me preocupar com política eu não trabalho.

 

fonte Gaúcha/ZH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *