Morador de Cachoeira é eleito melhor forjador da América Latina

Sandro Boeck, 45 anos, pode ostentar o título de melhor forjador da América Latina. Natural de Santa Maria, ele é o terceiro vencedor do reality show de cutelaria Desafio Sob Fogo Brasil e América Latina. A final foi exibida no país na noite desta quinta-feira (1º) pelo History Channel. Boeck mora em Cachoeira do Sul desde 1985. Além do título de melhor forjador da América Latina, ele foi premiado com US$ 10 mil (cerca de R$ 56 mil). A ideia é investir o prêmio em sua oficina de facas, em Cachoeira do Sul. O evento foi finalizado em março, mas Sandro manteve o segredo da conquista até está quinta-feira.

Boeck é mestre formado pela Corporazione Italiana Coltellinai (Itália) e pela American Bladesmith Society (EUA). O melhor forjador da América Latina garantiu a hegemonia do Rio Grande do Sul na competição por mais um ano. Nas duas primeiras temporadas, Desafio Sob Fogo premiou os gaúchos Tom Silva (2018) e Daniel Jobim (2019).

A final foi disputada com o argentino Diego Borsotti e outros dois brasileitos, Cléber Melo (Brasília) e Milton Rodriguez (Curitiba). Na prova decisiva, os quatro competidores precisaram elaborar uma faca de autor, com a técnica de damasco em pó.

As lâminas dos quatro candidatos passaram por avaliações dos jurados do programa. A avaliação final foi um teste de letalidade, feita em um boneco de gel balístico.

 

 

 

fonte O Correio

Converse com a Fandango