Detran contabiliza 95 mil exames da CNH represados desde começo da pandemia

Com a reabertura dos Centros de Formação de Condutores (CFCs) e a retomada dos agendamentos pelo Detran para a realização de exames teóricos e práticos, o ritmo de normalização da fila de espera ainda é lento no Rio Grande do Sul. Há pelo menos 95 mil candidatos aguardando para realizar as provas, praticamente a mesma densidade represada após o período de fechamento dos CFCs por dois meses, logo no começo da pandemia.

O diretor-técnico do órgão de trânsito gaúcho, Fábio Santos, garante que todas as medidas de segurança vêm sendo tomadas, e que a observância dos protocolos é um dos fatores que explica a demora na finalização do processo. “A retomada da aplicação dos exames se dá com todos os passos de higienização em vigor. São obrigatórios o uso de máscaras e, a cada troca de candidato, o veículo precisa passar por higienização”.

Números de exames em espera

Dos 95 mil exames represados no Detran-RS, 40,1 mil se referem à primeira habilitação, 2,2 mil a mudança de categoria, 12,2 mil a adição de categoria e 40 mil a aplicação de prova teórica.

Os Centros de Formação de Condutores (CFCs) ficaram fechados entre 23 de março e 22 de maio, em razão da pandemia, abrindo parcialmente a partir desse período.Os exames teóricos e práticos foram retomados sob agendamento

Prazo ampliado

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estendeu o prazo de conclusão da habilitação de 12 para 18 meses. Por outro lado, com a reabertura dos CFCs, houve aumento de 25% na procura pela realização de novas carteiras de motorista (CNHs) ou mudança de categorias, conforme o Detran gaúcho. Por enquanto, estima-se que não haja condutores em risco de perder o prazo para a conclusão das etapas de habilitação.

Outra medida estabelecida pelo órgão nacional é que as carteiras que tenham tido a validade expirada a partir de 19 de fevereiro, por enquanto, não precisem de renovação. O prazo é indeterminado, por conta da pandemia.

 

 

 

fonte Rádio Guaíba

Converse com a Fandango