Para marcar 80 anos, IRGA inaugura nova sede em Porto Alegre

A partir desta segunda-feira (10), a sede administrativa do Instituto Rio Grandense do Arroz já estará atendendo em seu novo endereço: Avenida Farrapos, 3.999, bairro Navegantes, Porto Alegre . A mudança ocorre no ano em que o instituto está completando 80 anos.

No novo prédio da autarquia funcionava o Arquivo Judicial Centralizado do Tribunal de Justiça do Estado. O TJ precisava de um espaço maior para o seu arquivo e o instituto procurava, há anos, um novo prédio para transferir a sua sede administrativa. Com a permuta firmada entre os dois órgãos públicos, o TJ dobrou o seu espaço físico para abrigar sua documentação e o Irga encontrou um local perfeito para sua sede.

O prédio novo da autarquia tem cerca de 6 mil metros quadrados  e foi totalmente reformado e mobiliado pelo Tribunal, conforme a permuta. O custo para o executivo estadual com a troca foi zero.

A sede de dois andares conta com auditório com 132 lugares, estacionamento para 104 veículos, refeitório, elevador para pessoas com necessidades especiais e Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI). Outra vantagem é que está muito bem localizado, em uma área valorizada de Porto Alegre, com muitos bancos e estabelecimentos comerciais ao redor, perto do Aeroporto Salgado Filho e da Estação Farrapos da Trensurb.

O diretor administrativo do Irga, João Alberto Antônio, afirma que a mudança vai beneficiar principalmente os servidores da instituição, mas também os conselheiros e produtores orizícolas que frequentarem o novo local. “Saímos de um prédio precário e viemos para uma sede sem custos para o Executivo estadual. Nestes 80 anos da autarquia essa é a primeira vez que temos uma sede própria na capital”, acrescenta.

Um dos destaques da nova sede é a fachada do prédio na Avenida Farrapos grafitada pelo artista gaúcho Jackson Brum, escolhido via processo licitatório. A arte tem 75 metros, toda inspirada na temática orizícola.

O objetivo da obra, primeiramente, é tentar evitar pichações, já que os grafites são tradicionalmente respeitados pelos pichadores. Mas com isso foi criado também um espaço artístico para valorizar a paisagem do bairro Navegantes, num dos pontos que é uma das entradas de Porto Alegre. Assim, o Irga dá a sua contribuição para deixar a capital gaúcha mais humana, alegre e agradável, além de transformar o prédio do Irga em um ponto de referência não apenas geográfico como também artístico.

O Irga estava localizado na Avenida Missões desde 1992, quando saiu da Borges de Medeiros para ficar, apenas em caráter provisório, no bairro São Geraldo. A situação financeira do RS, porém, acabou obrigando a autarquia a ficar na antiga sede por 28 anos.

Os telefones e e-mails do instituto continuam os mesmos. O Irga não terá mais atividades no antigo prédio da Avenida Missões, que já foi repassado ao TJ-RS.