Marlon Santos se despede da Assembléia Legislativa e assume na Câmara Federal nesta sexta-feira

O deputado Marlon Santos (PDT) despediu-se da presidência e do Parlamento gaúcho com um discurso breve. Ele deixou a sessão solene antes do seu final para embarcar para Brasília, onde assume nesta sexta-feira (1º/2) seu primeiro mandato como deputado federal.  Ele agradeceu, inicialmente, à bancada do PDT. “Tive a honra de ser escolhido por vocês, colegas de bancada, para presidir o Legislativo rio-grandense neste último ano dessa legislatura. O PDT rio-grandense contribuiu para que eu pudesse melhorar, ainda mais, meu caráter. E digo isso me espelhando em cada um dos colegas parlamentares que deixo nesta Casa”, registrou.
Dirigindo-se a todas as bancadas, afirmou que levava a Brasília tudo que a política tem de melhor. “Sem decepção alguma, na medida que cada deputado tem seu perfil e forma de atuação. Levo, sim, uma herança muito significativa de todos vocês”. Dirigindo-se aos representantes dos demais poderes, Marlon frisou que são as pessoas que constroem as entidades. “Digo isso destacando que minha convivência com todos vocês, neste mandato e presidência, evidenciou que há esperança, e que vale a pena acreditar nos órgãos e instituições quando, à frente destes, estão pessoas de tamanha grandeza”.
Frisou que ter assumido a presidência da Assembleia gaúcha foi o maior momento político da sua trajetória. “Não esquecerei o carinho e a solidariedade dos meus colegas de Parlamento. Aos colegas que iniciam suas atividades, digo que chegam a uma Casa dominada pelo bom senso, por acordos intelectualizados mas, acima de tudo, com uma característica de muita humanidade. Aproveitem este ambiente para um amadurecimento político ainda maior em relação àquele que já trazem consigo. E, com singeleza, peço que sejam menos amargurados e que tenham, uns com os outros, muita ternura, porque isso é fundamental para o convívio. A Assembleia Legislativa gaúcha não é ambiente, nem palco, para qualquer coisa que não seja o bom senso e a busca do bem do Estado”.
Por fim, desejou êxito ao seu sucessor. “Tenho certeza, desde já, do sucesso da sua administração, deputado Lara, com as bênçãos de Deus”. Antes de encerrar, destacou a importância do papel da imprensa. “Todos da imprensa gaúcha tendem a colaborar, em muito, com a Assembleia rio-grandense. Não serve, a quem quer que seja, um ambiente de crise”.
Converse com a Fandango