Projeto Orquestra Escola mostra seus frutos

O projeto Orquestra Escola, criado pela primeira dama Jussara Ghignatti na gestão 2009/2012 do Governo Ghignatti, sob a então coordenação do professor e percussionista Samir Hatem, foi se aprimorando ao longo dos anos e nesta segunda gestão, mostra seus frutos. A proposta do projeto Orquestra Escola é levar ao ambiente escolar instrumentos musicais que estão fora do cotidiano da maioria das pessoas, despertando o interesse das crianças e jovens em saber mais sobre violino, violoncelo, flauta e outros.

Ele é dividido em atendimento às escolas da cidade e do interior. No atendimento aos alunos do campo, ele recebe o nome de Musicalização no Campo, que hoje atende 63 alunos em 8 escolas. A coordenação administrativa da Musicalização no Campo é do Núcleo Municipal da Cultura, através da professora Josiani Fardin, com a coordenação pedagógica de Ezequiel da Rosa. FilipeLindemaier e Clênio Bibiano da Rosa são os professores.

Para atender os alunos das escolas da sede o projeto conta com seis alunos bolsistas do curso de Bacharelado em Música da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) que executam o projeto em nove escolas, ensinando através de oficinas instrumentos de orquestra tais como: violino, viola de arco, cello, contrabaixo acústico, flauta transversal, clarineta, trompete, trombone e percussão.

No último final de semana, junto com a coordenação dos professores dos cursos de música da UFSM, foram organizadas diversasoficinas abertas de música em Cachoeira do Sul, abrangendo um público além do que está nas escolas.

De acordo com Dilber Alonso, um dos bolsistas das UFSM em Cachoeira do Sul, foram oferecidas oficinas de diversos instrumentosque compõe uma orquestra como: oboé, fagote, tuba, piano e percussão sinfônica, o que possibilitou formar a Orquestra dos Arrozais. Além disso, houve oficina de canto e violão, atendendo a pedidos da comunidade. No total foram 34 profissionais que atenderam mais de 150 alunos em uma jornada que incluiu: aulas nas oficinas, ensaio da orquestra aberto a comunidade, apresentação de coral, inserções artísticas, recital dos professores e ainda um concerto com a orquestra.

Converse com a Fandango