Cachoeira do Sul tem a segunda maior área plantada de soja do Estado, conforme o IBGE

Os dados da Produção Agrícola Municipal de 2017, divulgados pelo IBGE, confirmam tendências em lavouras como a da soja.  Olhando para os últimos quatro anos , verifica-se a migração da soja para nova fronteiras do Rio Grande do Sul. Cachoeira do Sul,  por exemplo, tradicional área de cultivo de arroz, passou a apostar na dobradinha com a soja e vem diminuindo cada vez mais a diferença em relação à maior área cultivada com o grão no Estado, que fica em Tupanciretã, também na Região Central.

Em 2014, 13,5 mil hectares a separavam da liderança. Agora, são apenas 3,8 mil hectares.

Outro exemplo da mudança de perfil, de áreas antes dominadas por arroz e pecuária, é o município São Gabriel, que em 2014 ocupava a longínqua 11ª posição no ranking das maiores áreas de soja do Estado. Agora, saltou para a terceira posição, com acréscimo de
34 mil hectares em relação àquele ano.

No primeiro levantamento sobre intenção de plantio para a próxima safra de verão,  a Emater mostra que a soja seguirá nesta direção: enquanto no RS o crescimento de área deve ser de 2,3%, na regional de Bagé será de 8,82%.

Converse com a Fandango