Com uma morte em Vera Cruz, Estado já contabiliza sete mortes por gripe A

O Rio Grande do Sul já contabiliza sete mortes por gripe em 2018. A contagem mais recente indicava quatro pela doença, mas os dados foram atualizados na última semana pela Secretaria Estadual de Saúde. Um novo balanço deve ser publicado ainda nesta semana.

As três mortes mais recentes ocorreram em Porto Alegre (duas) e em Vera Cruz. Até então, já haviam sido registradas outras duas mortes na Capital, além de uma em Gramado e uma em Lajeado. Foram quatro registros pelo vírus H1N1 (Influenza A), um por H3N2 (Influenza B), um por Influenza A não subtipado e um por Influenza B. Dentre os casos de mortes, apenas uma pessoa havia se vacinado.

O número de casos de gripe também subiu, conforme o último balanço, que contabiliza dados até o dia 23 de junho. São 110 pessoas infectadas pelo Influenza, contra 80 no boletim anterior. Os casos confirmados ocorreram em 31 municípios gaúchos, sendo a maior parte deles em Porto Alegre, Canoas e Alvorada.

A Secretaria Estadual de Saúde considera que o número de casos e de mortes está dentro da normalidade. Apesar de os registros terem crescido, ainda são menores do que no ano passado. Neste mesmo período do ano em 2017, 322 casos de gripe já haviam sido registrados, com 30 mortes.

A campanha de vacinação contra a gripe se encerrou em 22 de junho no Estado com 82,2% de percentual de imunizados entre os grupos prioritários.

Converse com a Fandango