Ranking de universidades de países emergentes tem cinco instituições do RS

Cinco universidades do Rio Grande do Sul estão na lista de melhores dos países emergentes, segundo ranking divulgado nessa quarta-feira (9) pela revista britânica Times Higher Education referência mundial em avaliar a reputação acadêmica. O levantamento, que analisou 350 instituições de 42 países, é liderado pela China, que tem sete universidades entre as 10 primeiras colocadas. A melhor entre as brasileiras é a Universidade de São Paulo (USP), na 14ª posição.

As cinco instituições do Estado que aparecem na lista são: Pontifícia Universidade Católica , Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade Federal de Pelotas , Universidade Federal de Santa Maria e Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Até o ano passado, o levantamento envolvia apenas os países dos Brics (Brasil, Índia, China e África do Sul) e agora foi rebatizado para avaliar as instituições das nações “emergentes”. Além da China, destacam-se entre as 10 melhores universidades da Rússia, África do Sul e Taiwan.

O diretor editorial do ranking, Phil Baty, afirmou que o Brasil se manteve entre as nações com maior presença de universidades no ranking – está em terceiro lugar, atrás da China e Índia. No entanto, ele citou o exemplo da USP para ressaltar a perda de posições das universidades brasileiras. A instituição de São Paulo caiu de 13ª para 14ª no levantamento.

— Quase todas as instituições classificadas perderam posições, em grande parte devido à turbulência econômica e política no país.

O ranking leva em conta 13 indicadores para classificar as universidades, entre eles o ambiente de ensino, a internacionalização, a inovação, o número de pesquisas e o volume investido nos estudos e as citações, ou seja, a influência das pesquisas.

A pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da PUCRS (Propesq), Carla Bonan, comemorou o desempenho da universidade, melhor colocada entre as gaúchas.

“Estes resultados expressam o compromisso da Universidade com o desenvolvimento de pesquisa com qualidade e reconhecimento internacional e com a transferência deste conhecimento para sociedade”, comentou.

10 melhores dos países emergentes

1) Peking University – China

2) Tsinghua University – China

3) Lomonosov Moscow State University – Rússia

4) Fudan University – China

5) University of Science and Technology of China – China

6) Zhejiang University – China

7) Shanghai Jiao Tong University – China

8) Nanjing University – China

9) University of Cape Town – África do Sul

10) National Taiwan University – Taiwan

Brasileiras

14) Universidade de São Paulo (USP)

33) Universidade de Campinas (Unicamp)

61) Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)

92) Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

98) Universidade Federal de Itajubá (Unifei)

131) Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

150) Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

153) Universidade Federal do ABC (UFABC)

162) Universidade Estadual Paulista (Unesp)

191) Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)

201-250) Universidade de Brasília (UnB)*

201-250) Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

201-250) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

201-250) Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

251-300) Universidade Federal do Ceará (UFC)

251-300) Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

251-300) Universidade Federal de Viçosa (UFV)

251-300) Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)

251-300) Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

301-350) Universidade Federal de Goiás (UFG)

301-350) Universidade Federal de Lavras (UFL)

301-350) Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop)

301-350) Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

301-350) Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

301-350) Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

301-350) Universidade Federal Fluminense (UFF)

301-350) Universidade Estadual de Londrina (UEL)

301-350) Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj)

301-350) Universidade Federal do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos)

351+ – Universidade Federal do Paraná (UFPR)

351+) Universidade Estadual de Maringá (UEM)

 351+) Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

* A partir da posição 200, não é divulgada uma posição exata das universidades, e sim em faixas.

fonte Rádio Gaúcha

Converse com a Fandango