COMPAHC é contra asfaltamento da rua Moron junto ao Rio Jacuí

O Prefeito Sérgio Ghignatti, foi surpreendido nesta sexta-feira, ao receber uma carta do COMPAHC (Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultura de Cachoeira do Sul), se posicionando contra o possível asfaltamento de um trecho da rua Moron junto as margens do Rio Jacuí, visando melhorar a trafegabilidade de veículos por ocasião da instalação de um cais, para ser utilizado pela  balsa que irá realizar a travessia, quando da interrupção do trânsito na Ponte Barragem do Fandango. Segundo a carta assinada pela professora Miriam Ritzel, as pedras existentes no local fazem parte da história de Cachoeira, e se for colocado asfalto, a população não irá conhecer parte desta história. Ghignatti disse que se criou junto as margens do Jacuí, e sequer um dia foi mencionado por qualquer historiador que aquele ponto é histórico. Segundo ele, foi solicitado ao DNIT que asfalte não só aquele trecho, mas toda a rua Moron até a rua Conde de Porto Alegre.

Converse com a Fandango