Implantação do novo padrão de placas no Brasil, é suspenso por 60 dias

O Departamento Nacional de Trânsito  decidiu suspender, por 60 dias, o início da implantação no novo padrão de placas para veículos no país, de acordo com o modelo do mercosul. A mudança entraria em vigor a partir de 1º de setembro.

A decisão de suspender a resolução, publicada no dia 8 de março, foi anunciada em comunicado assinado pelo presidente do Denatran, Maurício Alves. No informe, ele determina a suspensão pelo prazo de 60 dias ou até que o grupo de trabalho que pretende revisar a norma chegue a uma conclusão.

O Denatran não deu detalhes do recuo na implantação, mas a placa padrão Mercosul é alvo de investigação pelo MPF. A suspeita é que o contrato para a produção das placas pode ter sido direcionado a apenas uma empresa, única qualificada para o contrato com o Ministério das Cidades.

Uma empresa que possui escritório no Brasil e venceu a disputa do contrato para fornecer as novas placas. O novo padrão seria obrigatório a partir de 1º de setembro para os veículos novos. Em cinco anos, toda a frota brasileira teria de se adaptar.

Além da padronização, o Denatran alega que a placa traz elementos novos na sua configuração, que oferecem segurança e possibilidade de rastreamento do veículo.

Converse com a Fandango