Conselho Municipal aprova prestação de contas da Alimentação Escolar de 2017

Os conselheiros que fazem parte do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) estiveram reunidos analisando os documentos da prestação de contas dos recursos do PNAE. Durante o exercício de 2017, o município recebeu R$ 725.650,80 de recurso federal- FNDE/PNAE destinados a aquisição de alimentação escolar para atendimento de 6565 alunos matriculados nas 40 escolas da Rede Municipal de Ensino e nas entidades filantrópicas beneficiadas pelo PNAE de acordo com o cardápio elaborado pela nutricionista Ines Longhi Quadro, responsável técnica pelo Programa no Município perante o FNDE.

O investimento em Alimentação Escolar em 2017 foi de R$ 1.278.330,65 sendo de recurso FNDE/PNAE – R$ 759.830,43 e o restante com recursos de outras fontes.

Atendendo a determinação do FNDE, de que, no mínimo 30% dos recursos transferidos através do PNAE devem ser aplicados na compra de gêneros alimentícios provenientes da Agricultura Familiar e do Empreendedor Familiar Rural, a Prefeitura atingiu o percentual de 46,60% ultrapassando as expectativas, totalizando R$ 337.968,16 referente a 43,35 toneladas.

Os conselheiros analisaram todos os documentos e aprovaram a utilização dos recursos FNDE/PNAE, bem como a prestação de contas do SIGPC no dia 15/02/18 e após responderem um questionário sobre o programa emitiram parecer favorável no SIGECON.

Converse com a Fandango