Todeschini vai instalar complexo para beneficiar madeira em Cachoeira

A Todeschini, anunciou a implantação de um complexo beneficiador de madeira da própria empresa e parceiros de uma área de floresta de pinus de 12 mil hectares. O projeto, que envolve o beneficiamento de madeira para produção de tábuas e, do resíduo, o chamado pellets, para exportação, esteve na pauta de uma reunião entre o prefeito Sergio Ghignatti com os empresários José Eugênio Farina e João Farina Neto e sua equipe, nesta quinta-feira (25), em Bento Gonçalves.

Em Cachoeira, a Todeschini só fará o corte da madeira, mas exige apoio da Prefeitura. Os empresários solicitaram a Ghignatti pedido de isenção de taxas de imposto por 10 anos, apoio na busca de licenciamentos ambientais junto a Fepam e melhorias de estradas que dão acesso as florestas e também as estradas gerais da Mineração, onde será instalado uma serraria.

“Algumas coisas já podemos deixar acertado, mas as isenções, por exemplo, precisam passar pela Câmara de Vereadores. Mas já nos comprometemos de enviar o projeto de lei em breve”, explicou o secretário de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Ronaldo Tonet, que viajou com o prefeito a Bento Gonçalves.

O empreendimento já está com a documentação tramitando na Fepam e os empresários estimam que até a metade do ano de 2018 tenham todas as licenças necessárias para a instalação da fábrica. O encontro foi acompanhado ainda pela chefe de Gabinete, Necky Decker e o secretário de Administração interino, Jonas Friedrich.

Converse com a Fandango