Concluídas as obras de proteção no entorno do prédio da Câmara de Vereadores

Foram finalizadas, nesta segunda-feira (22), as intervenções feitas para garantir segurança no entorno do Palácio João Neves da Fontoura, sede do Legislativo Municipal. A medida foi tomada após a queda de dois adornos da fachada do prédio, entre o final de 2017 e a primeira semana deste ano.  “Trata-se de uma estrutura de mais de 90 anos e temos que considerar a possibilidade de queda de um terceiro ornamento. Por isso, providenciamos todas as ações com a maior brevidade possível”, explicou o presidente da Câmara, vereador Igor Noronha (MDB).

As obras tiveram início na última terça-feira (16) com a construção de um túnel para ingresso de servidores, vereadores e demais munícipes no prédio. Na sequência foram instalados tapumes em seu entorno, abrangendo as ruas Andrade Neves e Sete de Setembro. Por fim, na lateral da Rua Sete de Setembro foi construída, em parte do leito da via, uma passagem de madeira para o trânsito de pedestres, com largura compatível com a passagem de cadeirantes.

Próximos passos

Como a Câmara não possui profissional técnico capaz de avaliar e estrutura e indicar as intervenções necessárias, foi requerida à Prefeitura a disponibilização de um de seus servidores. Porém, o prefeito respondeu informando que o Executivo não possui profissional capacidade para isso.

Diante dessa negativa, a Câmara fará a contratação de um profissional para a análise. Tendo em vista que o Palácio João Neves da Fontoura é um patrimônio histórico da cidade, o estudo contará com o apoio do Compahc, que disponibilizará membros do conselho para auxiliar na avaliação da estrutura do prédio e na sugestão de novas intervenções.

Converse com a Fandango