Corsan começa a cobrar este ano tarifa por disponibilidade de esgoto em Cachoeira

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) deve começar a cobrar em abril a tarifa pela disponibilidade da rede de esgoto em frente a residências em quatro cidades das regiões das Missões e do Noroeste do Estado.

 A cobrança por disponibilidade é muito maior que a tarifa de esgoto. O cara que não se liga paga mais do que quem não se conecta. As notificações foram feitas e ainda estão sendo entregues — disse o diretor-presidente da Corsan, Flávio Ferreira Presser.

O valor da tarifa de esgoto corresponde a 70% da conta de água da residência. Caso o morador não se ligue à rede, a tarifa será duas vezes maior do que o preço da conta do esgoto.

Neste mês de janeiro, também começaram as notificações aos moradores de outras 21 cidades do Estado. dentre elas Cachoeira do Sul. A previsão é que haja cobrança  a partir do segundo semestre deste ano.

Converse com a Fandango