STAS quer construir CREAS na 7 de setembro e pede apoio para Vereadores

O Secretário Municipal de Trabalho e Ação Social (STAS), Newton Fortes, esteve na Câmara de Vereadores, nesta terça-feira (16), solicitando apoio do novo presidente do Legislativo, vereador Igor Noronha (PMDB), para obtenção de recursos do Governo Federal para a Pasta. Fortes apresentou ao parlamentar o projeto para construção de uma unidade do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) no centro da cidade.  Segundo o secretário, a Prefeitura já reservou um dos seus terrenos na Rua Sete de Setembro, entre as ruas Conde de Porto Alegre e Félix da Cunha, para a realização da obra.

“Necessitamos de R$ 455 mil para a construção do prédio, que vai seguir um padrão nacional do CREAS. O imóvel que ocupamos hoje na Rua Virgílio de Abreu é alugado e não possui espaço adequado para o atendimento dos inúmeros usuários, que são pessoas em vulnerabilidade, que sofreram agressão de direito, mulheres violentadas e outros grupos em situação de risco social, que recorrem diariamente ao local”, justificou.

Igor informou ao secretário que irá a Brasília na segunda quinzena de fevereiro e garantiu levará a demanda ao Ministério de Desenvolvimento Social (MDS). “Antes disso, já vamos encaminhar o pedido ao Secretário do Ministério, Caio Rocha, e lá vamos reafirmar essa pauta como prioritária para a cidade”, afirmou o vereador.

Fortes também solicitou ao presidente da Câmara ajuda para obtenção, por meio de recursos federais de novos veículos para a STAS. O vereador reafirmou o apoio e prometeu levar a necessidade ao conhecimento do MSD.

Habitação

Na reunião também foram discutidas questões relacionadas à habitação. A pauta foi uma das levantadas por Igor no primeiro ano dessa Legislatura, que defendeu a necessidade de implementação de política pública específica em Cachoeira do Sul.

Fortes apresentou alguns dados referentes ao tema e ratificou a preocupação do vereador. “Acredito que cerca de 40% dos atendimentos em CREAS e CRAS reduziriam com uma política de habitação eficiente”, ponderou o secretário. Igor afirmou que vai continuar buscando, nas diferentes esferas de governo, meios para a concretização da proposta. “Cachoeira do Sul precisa dessa política pública”, enfatizou o vereador.

Converse com a Fandango