Boate Kiss: Três dias de homenagens marcarão passagem dos cinco anos da tragédia

Os dias 25, 26 e 27 de janeiro serão marcados por homenagens pela passagem dos cinco anos da tragédia da boate Kiss, em Santa Maria. A cidade receberá uma série de eventos, incluindo palestras, exibição de documentário e o lançamento do concurso para para a construção do Memorial às Vítimas da Kiss. Em 27 de janeiro de 2013, as chamas iniciadas junto ao palco da casa noturna se alastraram pelo local e mataram 242 pessoas e deixaram mais de 600 feridos.

No dia 25, quinta-feira, ocorre às 19h30 no Theatro Treze de Maio o lançamento do livro “Todo Dia a Mesma Noite”, da jornalista Daniela Arbex, retratando a rotina dos familiares das vítimas após a tragédia. O livro da Editora Intrínseca já está em pré-venda online com preço sugerido de R$ 39,90 para a edição impressa e de R$ 19,90 para o e-book. Daniela é autora do renomado trabalho “Holocausto Brasileiro”, que trata sobre o Hospital Colônia de Barbacena, em Minas Gerais.

Já no dia 26, haverá apresentação, na Praça Saldanha Marinho, do documentário “Depois Daquele Dia”, de Luciane Treulieb, irmã de João Aloísio Treulieb, uma das vítimas da tragédia. Depois, às 21h30, familiares farão uma caminhada iluminada por velas até o prédio em que funcionava a boate, na Rua dos Andradas (as velas serão arrecadadas nesta quarta-feira (17) na tenda da vigília, também na praça Saldanha Marinho, das 9h às 18h). A partir das 22h45, será realizada uma vigília em frente ao espaço onde funcionava a boate.

Na data da tragédia, 27, a programação começa às 9h, no Centro Universitário Franciscano, com o lançamento do concurso público de projetos arquitetônicos para a construção do Memorial às Vítimas da Kiss. A partir de então, será aberto o período para inscrições dos arquitetos e escritórios interessados em participar. Uma vaquinha virtual foi realizada ainda em 2017 para arrecadar fundos para custear o projeto, e o vencedor deve ser conhecido até o dia 10 de abril.

Paulo Carvalho, diretor jurídico da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), fará palestra com o tema “cinco anos buscando por Justiça” às 10h, no mesmo local. À tarde, um corneteiro da 3ª Divisão de Exército (3ª DE) fará uma homenagem com o “Toque de Silêncio”, às 17h20, na Praça. Às 18h50 começam as homenagens do Coral Illumina, do cantor Beto Pires, da Moça dos Gestos e da Royale Escola de Dança, encerrando com um culto ecumênico às 19h50.

Ao final das homenagens, sinos serão badalados para lembrar os mortos no incêndio, ato seguido pela soltura de balões brancos por familiares, toque de corneta e participação da cantora Deborah Rosa. A programação está sendo organizada pela AVTSM e pela prefeitura municipal.

 

 

fonte Rádio Guaíba

Converse com a Fandango