Câmara cobra agilidade da Prefeitura na avaliação dos adornos do Palácio Legislativo

Após a queda, na manhã desta quinta-feira (4), de um segundo adorno da fachada do Palácio Legislativo João Neves da Fontoura, no período entre duas semanas, o presidente da Câmara de Vereadores, vereador Igor Noronha (PMDB), está requerendo, novamente, ao prefeito Sérgio Ghignatti a indicação de responsável técnico para avaliação de todos os ornamentos do prédio.

Segundo relato de taxistas, o primeiro adorno de concreto caiu no final de semana do Natal. No primeiro dia útil após o feriado, o então presidente Paulão Trevisan (PDT), tão logo tomou conhecimento da situação, solicitou, por meio do Ofício nº 1126/17, protocolado no Executivo em 27 de dezembro,  disponibilização urgente de engenheiro ou arquiteto da Prefeitura para  avaliar os ornamentos do Palácio Legislativo.

 “A Câmara não possui profissional que possa fazer esse tipo de estudo. Como o prédio pertence ao Município, foi requerido, primeiramente, um servidor da Prefeitura para isso. Para que o Legislativo contrate um técnico para proceder a essa análise, precisamos que o prefeito nos diga que não pode disponibilizar nenhum de seus profissionais. Embora o documento encaminhado ao Executivo tenha solicitado uma resposta na mesma semana, não obtivemos nenhuma resposta ainda”, lamentou Igor.

Segundo os fiscais de posturas da Secretaria Municipal de Obras, que estiveram na Câmara na manhã desta quinta-feira (04) e notificaram o Legislativo, o setor sequer tinha conhecimento do teor do ofício nº 1126/17.

“Infelizmente, o documento, entregue na semana passada, não teve andamento necessário, dado seu caráter urgente. Diante disso, vamos reforçar junto ao Executivo que dê prioridade a essa questão, pois só a disponibilização de um técnico ou com a contratação de um profissional externo é que sabemos qual a situação dos adornos e qual providência tomar. Assim que obtivermos esse estudo, vamos entrar em contato com o Compahc para que os membros do conselho analisem as possíveis intervenções junto ao Palácio, tendo em vista que estamos tratando de um patrimônio histórico”, destacou Igor.

Prevenção

Para garantir a segurança das pessoas que transitam pelas ruas Sete de Setembro e Andrade Neves, a Câmara de Vereadores irá colocar tapume em parte da estrutura do Palácio João Neves da Fontoura. “Como se trata de um segundo fragmento caído em duas semanas temos que considerar que pode haver mais um evento como esse. Por isso, vamos tomar todas as precauções  para garantir a segurança dos municípios e veículos”, assegurou o presidente.


Oficio 1126 (1).jpg


Oficio 1126 protocolo.jpg

Converse com a Fandango