Queda de adorno do prédio da Câmara de Vereadores, interdita calçada para pedestres

Um adorno de  concreto com cerca de 15 quilos, que faz parte da arquitetura,  despencou do alto do prédio da Câmara de Vereadores de Cachoeira do Sul nesta quinta-feira (4). Uma mulher que transitava pela calçada da Rua Andrade Neves quase foi atingida, o que poderia ter causado uma fatalidade.

Para evitar riscos aos pedestres, o passeio público foi interditado e o Palácio João Neves da Fontoura deverá passar por avaliação de profissionais da área de engenharia. Nos últimos 15 dias, esta não foi a primeira vez que ocorreu queda de pedaços de concreto da Câmara na calçada.

No último dia 23, outro adorno caiu e o impacto foi tão forte que assustou quem passava pelo local. Em razão da queda registrada nesta quinta-feira, a Secretaria Municipal de Obras decidiu isolar a calçada até que um profissional que terá de ser contratado pela Câmara emita um laudo técnico sobre as condições do prédio.

O Ministério Público deverá ser acionado pela Câmara de Vereadores. O objetivo da casa é agilizar o andamento do processo de restauro do prédio, que há pelo menos um ano praticamente não teve evolução no Fórum de Cachoeira do Sul.

Converse com a Fandango