Cipave da 24ª CRE planeja intensificar ações em 2018

Os integrantes da Comissão Interna de Prevenção a Acidentes e Violência Escolar (Cipave) nas 52 escolas estaduais da região tiveram encontro  segunda-feira,  na 24ª Coordenadoria Regional de Educação, em Cachoeira do Sul.
Conforme a assessora da Cipave na 24ª CRE, professora Cleonice Bankow,, um dos objetivos da reunião foi planejar atividades a serem desenvolvidas em 2018. “A perspectiva é intensificar as ações das comissões escolares em no próximo ano”, antecipa Cleonice. Estratégias com foco em questões como a difusão da cultura da paz, a prevenção contra o bullying, a mediação de conflitos e as práticas restaurativas foram algumas das iniciativas pensadas para o ano que vem.
Outra ideia é continuar fortalecendo as parcerias com outras instituições. Um exemplo desse trabalho em colaboração foi apresentado durante o encontro da Cipave pela escrivã Fabiana Fernandes e pela inspetora Paula Peixoto, da Polícia Civil, instituição que desenvolve o programa Papo de Responsa nas escolas.
Em clima de conversa informal, como funciona o projeto, as policiais e os educadores falaram sobre as principais dificuldades e as possibilidades de trabalho com o público escolar. Em relação ao fato de que muitas vezes se percebe a falta de perspectiva dos jovens em relação ao futuro, a policial Fabiana acredita que “não importa de onde você vem, mas o que você pretende fazer da sua vida”.
Durante o evento desta segunda, também foi feita uma análise conjunta do mapeamento da violência nas escolas em 2016 e 2017 (primeiro semestre) e a abordagem do tema bullying, pelo acadêmico de Psicologia e estagiário da 24ª CRE, Ruben Erhardt.  No final do encontro, que foi o último da Cipave em 2017, o grupo promoveu confraternização e troca de mensagens natalinas, no mesmo espírito de integração que ocorreu ao longo do ano.
Converse com a Fandango