Sec do Meio Ambiente recolhe embalagems de agrotôxicos em local indevido

A chegada do período de plantio evidencia o descaso que alguns agricultores ainda tem com o meio ambiente. No final da tarde desta terça-feira (28) o técnico agrícola e diretor da Secretaria de Meio Ambiente, Alex Radiske e o fiscal ambiental, Alisson Boÿink, fizeram um novo recolhimento de embalagens de agrotóxico, que foram abandadonas na BR 153, próximo ao acesso da estrada do Geribá. No total apreendidas 15 embalagens de herbicida de ação total, uma embalagem de Gramoxone de 10 litros e uma embalagem de 20 litros de inseticida.

A equipe tomou conhecimento do caso após uma denúncia anônima, que apontou o local do descarte ilegal. O caso é classificado como crime ambiental com multas determinadas pelo artigo 64 do Decreto Federal 6514/2008 e podem variar entre R$ 500,00 e R$ 2.000.000,00. É importante ressaltar que em Cachoeira do Sul existe a Ardec, que é uma empresa apta dar a destinação correta para este tipo de embalagem.

LOTE – Boÿink ressalta que a partir do lote registrado nas embalagens é possível chegar ao vendedor e o comprador do produto. No último dia 13 foi registrado no Capanezinho o primeiro caso de abandono de embalagens de agrotóxico em local inadequado. A Secretaria de Meio Ambiente já iniciou a investigação e descobriu quem vendeu o produto.

Converse com a Fandango