Quatro eclipses e três superluas marcam o calendário astronômico de 2021

O ano passado nos deu um belo show no céu com várias chuvas de meteoros, uma
conjunção entre Júpiter e Saturno que não acontecia há 500 anos e belas superluas. Mas
2021 não vai ficar para trás.

Com um calendário intenso,  Três superluas e algumas conjunções de planetas também marcam nosso
calendário.

Eclipses

Entre os quatro eclipses que acontecerão este ano, apenas dois serão vistos parcialmente
na América Latina. Entre esses, o eclipse lunar total de 26 de maio e o eclipse lunar parcial
de 19 de novembro.

Um eclipse solar acontece quando a Lua se coloca exatamente entre o Sol e a Terra,
formando uma sombra que incide sobre uma região do planeta. O fenômeno “anular” se dá
quando a Lua não consegue cobrir totalmente a luz do Sol, formando um anel de luz em seu
entorno.

Já os eclipses lunares acontecem quando a Lua é coberta total ou parcialmente pela
sombra da Terra. Este fenômeno pode ser visto a olho nu.

26/05 – Eclipse lunar total
10/06 – Eclipse anular do Sol
19/11 – Eclipse lunar parcial
04/12 – Eclipse solar total

Superluas

O fenômeno acontece quando nosso astro, a Lua, se encontra ao mesmo tempo na fase
cheia e no ângulo mais próximo possível da Terra, chamado de perigeu. A órbita da Lua na
Terra não é uma circunferência, mas um pouco mais achatada, então ela passa por pontos
mais distantes e pontos mais próximos em sua rota.

08/04 – Superlua “Rosa”
26/05 – Superlua “Flores”
24/06 – Superlua “Morango”

 

 

fonte CNN/Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *