Estado usará parte do próximo lote de CoronaVac para aplicação da segunda dose da vacina

O Rio Grande do Sul vai reservar parte da próxima remessa de vacinas contra a Covid-19 para a aplicação da segunda dose nos pacientes que já receberam o imunizante. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (SES), a carga que deve chegar ao território gaúcho na próxima terça-feira (23) faz parte de um lote com mais de 4,8 milhões de imunizantes a ser distribuído pelo Ministério da Saúde.

A ideia do Palácio Piratini é repassar todo o carregamento aos municípios, priorizando a continuidade da distribuição aos idosos. Entretanto, caberá a cada cidade manter em estoque uma fração de doses para que os primeiros beneficiados recebam a última dose da vacina. A quantidade de ampolas que será aplicada em cada grupo ainda não foi definida pelas autoridades.

Até agora, o Rio Grande do Sul recebeu 704,4 mil doses de vacinas. Do total, 588,4 mil são correspondentes à CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac Biontech, e 116 mil da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), na fórmula de Oxford/AstraZeneca. O contingente foi dividido em quatro remessas, enviadas entre os dias 18 de janeiro e 7 de fevereiro.

Cerca de 701,6 mil vacinas foram distribuídas aos municípios, sendo que 360,4 mil pessoas receberam a primeira dose e apenas 8,9 mil completaram o programa com a segunda aplicação. O restante segue à disposição das prefeituras para a imunização de profissionais da saúde que atuam na linha de frente da Covid-19, idosos institucionalizados ou com mais de 83 anos e quilombolas.

 

 

fonte Rádio Guaíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *