Inflação fecha 2020 em 4,52%, maior taxa acumulada em quatro anos

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de dezembro foi de 1,35%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística  divulgados nesta terça-feira (12). Com isso, a inflação fechou 2020 em 4,52%. O valor é 0,21 ponto percentual acima dos 4,31% registrados em 2019. Essa é a maior taxa acumulada no ano desde dezembro de 2016 (6,29%).

O índice está acima da meta central de inflação para o ano passado, de 4%, mas dentro do intervalo de tolerância, de 2,5% a 5,5%. O valor registrado no último mês do ano é 0,46 ponto percentual acima dos 0,89% de novembro.

É a maior variação mensal desde fevereiro de 2003 (1,57%) e o maior índice para um mês de dezembro desde 2002 (2,10%), de acordo com o IBGE. Em dezembro de 2019, a variação foi de 1,15%. O grupo Habitação teve o maior impacto (0,45  ponto percentual) e variação (2,88%) no mês.

O IPCA ficou abaixo do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) acumulado nos últimos 12 meses e fechou, em dezembro, em 23,14%.  O IGP-M é popularmente chamado de inflação do aluguel e calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O índice reflete o comportamento de preços diversos, de matérias-primas agrícolas e industriais a bens e serviços. A variação do IGP-M em 12 meses é usada para o reajuste de aluguel.

 

 

fonte Gaúcha/Zh

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *