Vereadores discutem produção audiovisual de Cachoeira

A Câmara de Vereadores realizou,  terça-feira (14), a primeira edição do projeto Câmara Debates deste ano. O evento, que teve como temática a produção cinematográfica, foi realizado no Cine Via Sete em parceria com a Mostra de Vídeos Educacionais da 24ª CRE.

Participaram do debate a diretora e roteirista de filmes Mirela Kruel, o blogueiro e cinéfilo Patrick Lima Prade, o professor de história Carlos Francisco Moraes, os vereadores Marcelo Figueiró (MDB) e Carlos Alberto (PP) e cerca de 200 estudantes de Cachoeira do Sul.

“A ideia é discutir a produção audiovisual de Cachoeira do Sul com profissionais da área do cinema e que tenham domicílio ou relação profissional-artística com Cachoeira do Sul, além de discutir sobre temáticas relacionadas”, explicou o vereador Marcelo Figueiró, proponente do evento.

Após as apresentações dos profissionais presentes, foram reproduzidos dois curtas-metragens da cineasta Mirela Kruel: “Catadora de Gente”, que propõe uma reflexão sobre as desigualdades sociais do Brasil, a partir da vida de uma catadora de lixo, e “Carol”, que relata a vida de uma mulher marcada pela violência de gênero.

Ao final, o público questionou a cineasta sobre desafios da produção audiovisual, trilhas sonoras e profissionalização da atividade. “Foi um grande evento. Esperemos que essa área se desenvolva mais na nossa cidade. Quem sabe não vai sair um cineasta campeão de bilheteria daqui”, comemorou Marcelo, que, ao encerrar o encontro, sugeriu aos alunos trazerem novos temas para serem abordados em futuros eventos do Câmara Debates.

O projeto

O Projeto Câmara Debates, criado pelo Decreto Legislativo nº 04/2018, tem por finalidade realizar debates sobre assuntos de relevante interesse público, com a participação de convidados especialistas ou com conhecimento reconhecido nos temas objeto da pauta e, desta forma, proporcionar que vereadores, assessores parlamentares, funcionários da Câmara de Vereadores e munícipes em geral possam ter acesso a essas informações qualificadas.

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *