Vacinação contra a gripe começa nesta quarta-feira em todo o país

Come√ßa nesta quarta-feira (10), em todo o pa√≠s, a Campanha Nacional de Vacina√ß√£o contra a Gripe. Nesta primeira fase, ser√£o priorizadas crian√ßas com idade entre 1 e 6 anos, gr√°vidas em qualquer per√≠odo gestacional e pu√©rperas (mulheres at√© 45 dias ap√≥s o parto). A escolha, de acordo com o Minist√©rio da Sa√ļde, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo.

A partir de 22 de abril, todo o p√ļblico-alvo da campanha poder√° receber a dose, incluindo trabalhadores da sa√ļde, povos ind√≠genas, idosos, professores de escolas p√ļblicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condi√ß√Ķes cl√≠nicas especiais, jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcion√°rios do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

A escolha dos grupos segue recomenda√ß√£o da Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS). A defini√ß√£o, segundo a pasta, tamb√©m √© respaldada por estudos epidemiol√≥gicos e pela observa√ß√£o do comportamento das infec√ß√Ķes respirat√≥rias, que t√™m como principal agente os v√≠rus da gripe. A meta √© vacinar pelo menos 90% dos grupos eleg√≠veis para vacina√ß√£o.

A vacina

Em nota, o Minist√©rio da Sa√ļde destacou que, em rela√ß√£o ao ano passado, houve altera√ß√£o de duas cepas na vacina. Em fun√ß√£o da mudan√ßa na composi√ß√£o, a pasta considera ‚Äúimprescind√≠vel‚ÄĚ que os grupos selecionados, ainda que j√° tenham sido imunizados anteriormente, recebam a nova dose este ano.

‚ÄúO Minist√©rio da Sa√ļde n√£o indica a utiliza√ß√£o da vacina contra influenza com cepas 2018, pois n√£o tem a mesma composi√ß√£o da vacina de 2019, o que faz com que n√£o seja eficaz para prote√ß√£o.‚ÄĚ

Sintomas e prevenção

A orienta√ß√£o da pasta √© que indiv√≠duos que apresentem sintomas de gripe evitem sair de casa durante o per√≠odo de transmiss√£o da doen√ßa (at√© sete dias ap√≥s o in√≠cio dos sintomas), restrinjam o ambiente de trabalho para evitar dissemina√ß√£o, evitem aglomera√ß√Ķes e ambientes fechados, procurando manter os ambientes ventilados, e adotem h√°bitos saud√°veis, como alimenta√ß√£o balanceada e ingest√£o de l√≠quidos.

Para prevenir a doença, o ministério recomenda medidas gerais de proteção, como a constante lavagem das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento, e a adoção da etiqueta respiratória, que consiste em espirrar na parte de dentro dos cotovelos e cobrir a boca ao tossir, visando à redução do risco de infecção pelo vírus.

Outra dica importante √© n√£o compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas. √Č importante ficar alerta a sinais e sintomas de gravidade para, nesses casos, buscar imediatamente avalia√ß√£o em uma unidade de sa√ļde.

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *