Ulbra inova e amplia interação em ambiente de aprendizagem

O¬†Aula¬†√© o novo Ambiente de Aprendizagem da Ulbra para a educa√ß√£o a dist√Ęncia e ensino presencial. √Č mais um passo no contexto do avan√ßo pedag√≥gico mediado por tecnologia. Come√ßa em 2019/1 em todo o Brasil, na volta √†s aulas. Um ambiente preparado para possibilitar a media√ß√£o e a intera√ß√£o do ensino e aprendizagem atrav√©s das experi√™ncias entre professores e alunos, rompendo os limites entre o f√≠sico e o virtual.

A Ulbra alcan√ßa inova√ß√£o tecnol√≥gica, substituindo o NetAula, ap√≥s dez anos, acompanhando mudan√ßas e h√°bitos atuais. Metade da popula√ß√£o conectada acessa a internet exclusivamente pelo telefone celular. Isso representa 58,7 milh√Ķes de brasileiros, conforme pesquisa do¬†Comit√™ Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). “Tudo pode ser feito atrav√©s dos dispositivos m√≥veis. O¬†Aula¬†√© totalmente responsivo. Ele se adapta √† tela do tablet, smartphone ou pelo computador”, explica uma das coordenadoras do Laborat√≥rio de Aprendizagem Virtual (LAV) da Ulbra, professora Patr√≠cia Noll de Mattos.

Ferramentas

Entre as novidades que trazem benef√≠cios aos alunos est√° a plataforma pr√≥pria da Ulbra integrada ao Google for Education. Conforme a professora e coordenadora Patr√≠cia, a parceria proporciona rapidez, inova√ß√£o de layout, acessibilidade e mais intera√ß√£o entre aluno/aluno e professor/aluno. O Google fornece as ferramentas necess√°rias para abrir a maioria do conte√ļdo disponibilizado, como PDF, v√≠deo e v√°rios outros. Tudo est√° dispon√≠vel na nuvem.

“Possui identidade r√°pida com o estudante, porque √© semelhante √†s redes sociais. O processo de intera√ß√£o √© facilitado atrav√©s da troca de mensagens, inclusive com transcri√ß√£o de √°udio em texto e layout moderno, semelhante ao¬†WhatsApp”, explica a coordenadora. Segundo ela, atrav√©s da sala de intera√ß√£o √© poss√≠vel escrever texto, inserir v√≠deo, imagens ou anexos. “O professor ainda pode postar, diretamente, v√≠deo ou √°udio com explica√ß√Ķes. H√° possibilidade de intera√ß√£o com cada postagem, atrav√©s de √≠cones como ‘Curtir’, ‘Amar’, dentre outros”, enfatiza Patr√≠cia.

Intera√ß√Ķes

No Ambiente¬†Aula, o aluno recebe notifica√ß√Ķes, ao entrar no ambiente, de novas mensagens e avisos e, para cada sala virtual, de avalia√ß√Ķes pendentes, intera√ß√Ķes n√£o lidas e de novos recursos disponibilizados pelo professor. Organiza o conte√ļdo na forma de roteiro de aprendizagem, trilha a ser seguida pelo estudante. Na medida em que o universit√°rio avan√ßa, vai mudando de cor e incrementando o percentual de conclus√£o do curso.

Todo o processo de aprendizagem pode ocorrer dentro do¬†Aula¬†ou pode ser utilizado como aux√≠lio nos cursos presenciais. Ele est√° interligado com todos os sistemas de ensino.¬† “O¬†Aula¬†√© bastante intuitivo e isso facilita a aprendizagem. Por ser semelhante ao que h√° nas redes sociais, o estudante aprende logo. Mas h√° tutoriais explicando e, tamb√©m, respostas para as perguntas mais frequentes. Atende a muitas solicita√ß√Ķes de universit√°rios que foram feitas nas pesquisas das avalia√ß√Ķes institucionais”, acrescenta.

Agilidade

O Aula é uma ferramenta que atende uma prerrogativa da Ulbra na Reestruturação Pedagógica para maior interação do docente com o aluno. No lugar onde o estudante estiver e em qualquer horário. O ambiente foi pensado por um grupo grande, com representantes de vários setores da Instituição, gestores, professores, coordenadores, tutores EAD, funcionários e alunos, diante das necessidades dos novos projetos pedagógicos, aliados à expertise do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) da Ulbra, com recursos modernos do mercado para melhor capacitar docentes e qualificar o universitário.

A intera√ß√£o entre aluno e professor avan√ßou bastante com o¬†Aula. Antes, o estudante s√≥ recebia do docente a informa√ß√£o textual. Hoje a troca de informa√ß√Ķes √© direta entre professor/aluno ou todo o grupo da turma. E, em forma de √°udio e v√≠deo, pelo professor. O ambiente foi desenvolvido seguindo as diretrizes de acessibilidade ao conte√ļdo web (WCAG 2.0), com base nos padr√Ķes fornecidos pelo W3C (cons√≥rcio internacional para desenvolvimento de padr√Ķes para web). A cartilha que o Brasil segue. ¬†“O novo¬†Aula¬†tem a agilidade que aproxima mais o docente do universit√°rio, com ensino personalizado”, conclui a coordenadora.

SAIBA MAIS

Principais benefícios e novidades

  • Acess√≠vel:¬†moderno e ideal para utilizar pelo celular. Tudo pode ser feito atrav√©s dos dispositivos m√≥veis.
  • Interativo:¬†semelhante √†s redes sociais. Favorece troca coletiva de informa√ß√£o entre professor/aluno ou toda a turma. E, em forma de √°udio e v√≠deo, pelo docente.
  • Responsivo:¬†se adapta √† tela de qualquer aparelho (smartphone, tablet, notebook e computador).
  • Integrado ao¬†Google for Education:¬†n√£o precisa ter software para abrir determinados conte√ļdos, v√≠deos, documentos, pois o Google fornece os players necess√°rios. Acesso a diversos aplicativos.
  • Tudo na nuvem:¬†o Aula abre na nuvem. O material fica dispon√≠vel durante o curso. Armazenamento ilimitado. N√£o h√° problema de espa√ßo para armazenar.
  • Mensagem:¬†parecida com WhatsApp. Ao inv√©s de escrever ao professor, aluno pode enviar √°udio, que o programa transforma em texto. N√£o existe mais o e-mail.
  • Alerta:¬†avisa para atividades que n√£o foram feitas. Aluno recebe notifica√ß√Ķes, em vermelho, de novos avisos. Semelhante ao Facebook.
  • Rapidez:¬†sem lentid√£o e instabilidade. Sem congestionamento, mesmo em in√≠cio e final de semestre, quando muitos buscam conte√ļdo ao mesmo tempo.