Seduc prepara avaliação do rendimento escolar do RS

Professores e outros profissionais ligados √† Educa√ß√£o participaram , de capacita√ß√£o para a aplica√ß√£o do Sistema de Avalia√ß√£o do Rendimento Escolar do Rio Grande do Sul, o Saers, que mostrar√° um perfil do ensino ga√ļcho nas escolas estaduais. Coordenadores de polos, esses 138 participantes v√£o divulgar, junto √†s suas equipes, as diretrizes para as provas a serem realizadas entre os dias 19 e 23 de novembro. Os dados oficiais ser√£o apresentados em janeiro pela Secretaria de Estado da Educa√ß√£o (Seduc), organizadora da avalia√ß√£o.
“Com o Saers, cada escola poder√° conferir a profici√™ncia por aluno e, assim, criar as mais adequadas propostas de interven√ß√£o e pol√≠ticas p√ļblicas que venham ao encontro das necessidades de cada um”, avalia a respons√°vel pelas avalia√ß√Ķes em larga escala da Seduc, Salete Albuquerque.
O Saers avaliar√° o desempenho dos alunos do 3¬ļ e 6¬ļ anos do Ensino Fundamental e 1¬ļ ano do Ensino M√©dio em Matem√°tica e L√≠ngua Portuguesa. Ser√£o tamb√©m aplicados aos professores, diretores de escolas e alunos (exceto do 3¬ļ ano do Fundamental) question√°rios socioecon√īmicos, os quais servir√£o para identificar fatores externos e internos que influenciam na aprendizagem.
Participarão da avaliação quase 240 mil alunos, e o sistema envolverá ainda cerca de 1,3 mil profissionais para sua aplicação. Toda as 2.539 escolas da rede estadual estarão envolvidas. Cada aluno terá de responder cerca de 80 itens, e o prazo para completar a prova é de 150 minutos.
“Retomamos essa importante ferramenta no ano passado, pois ela √© a melhor maneira de avaliarmos como est√° o ensino ga√ļcho. Nosso desafio √© que, cada vez mais, possamos obter os resultados mais cedo, afim de tomar, o quanto antes, medidas para a melhoria do ensino ga√ļcho”, afirmou o secret√°rio estadual de Educa√ß√£o, Ronald Krummenauer, durante a abertura da capacita√ß√£o.
De acordo com Salete, foram escolhidos os dois anos do Fundamental e o do M√©dio porque “s√£o etapas decisivas no percurso escolar, de forma a permitir a interven√ß√£o pedag√≥gica para corre√ß√£o dos problemas detectados pelo processo de avalia√ß√£o”. O Saers ocorre a cada dois anos.