Safra de gr√£os 2018/19 pode chegar a 238,3 milh√Ķes de toneladas, diz Conab

A safra de gr√£os 2018/2019 dever√° atingir entre 233,7 e 238,3 milh√Ķes de toneladas, produ√ß√£o que representa um aumento entre 2,5 a 4,5% em rela√ß√£o ao per√≠odo anterior. A estimativa foi divulgada hoje (8) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Segundo o √≥rg√£o, mais de 80% da oleaginosa j√° foi plantada em Mato Grosso, devido ao aumento das chuvas na regi√£o. Em 2017, a essa altura do ano, o volume era de 40,5%. Com uma √°rea que deve ficar entre 35,4 e 36,1 mil hectares, a produ√ß√£o de soja ficar√° entre 11,6 e 119,3 milh√Ķes de toneladas.

Quanto ao milho, a previs√£o √© de uma colheita de 90 a 91 milh√Ķes de toneladas, rendimento obtido a partir de uma √°rea que deve variar entre 16,7 e 16,8 mil hectares. √Ä √©poca do levantamento, a √°rea destinada ao cereal j√° atingia, em Minas Gerais, 45% do total esperado e, no Rio Grande do Sul, 70,4%.

Segundo a Conab, √© a nona vez que se registra a expans√£o da √°rea dedicada ao plantio de gr√£os. “A soja √© a principal cultura que puxa esse aumento de √°rea, principalmente em √°rea de fronteira agr√≠cola”, afirmou o superintendente de Informa√ß√Ķes do Agroneg√≥cio da Conab, Cleverton Santana. “Mas, ao plantar soja, isso puxa outras culturas tamb√©m para o futuro. Milho, em primeira safra, tamb√©m, em algumas regi√Ķes, tem aumentado √°rea”, acrescentou, esclarecendo que a segunda safra ainda precisa ser avaliada.

Algod√£o e feij√£o

Ao lado do milho e da soja, a lavra do algod√£o tamb√©m tem prosperado, resultando em um incremento de sua √°rea, que pode chegar a 1,4 milh√£o de hectares. Com a amplia√ß√£o do per√≠metro, a expectativa √© de uma colheita 16,7% maior do que a anterior, chegando a 2,3 milh√Ķes de toneladas.

O balanço da Conab aponta, ainda, para uma recuperação na área de plantio e na produção do feijão. Segundo os pesquisadores da instituição, a melhora se deve a um crescimento da plantação de feijão-caupi na primeira safra, principalmente na Bahia.

Segundo Cleverton Santana, a maior incidência de chuvas traz preocupação somente quanto às culturas de inverno, que ainda estão em colheita e que podem ter sua qualidade prejudicada. Na avaliação da Conab, mesmo com as adversidades, o trigo tende a apresentar um melhor desempenho na safra deste ano.

Comente este artigo..