Projeto do Estacionamento Rotativo volta para Câmara de Vereadores e pode ser votado na segunda-feira

O assunto que causou polêmica no fim de 2018 está de volta ao Legislativo Municipal. Após ser alvo de críticas, o projeto que prevê a instalação de sistema de Estacionamento Rotativo pago em Cachoeira do Sul retorna para a Câmara de Vereadores e com pedido de urgência. Com isso, a votação pode ocorrer já na próxima sessão marcada para segunda-feira (15).

Entre as modificações, o índice de retorno aos cofres municipais passou de 12% para 15% na nova proposta. As mudanças foram feitas atendendo aos pedidos dos próprios vereadores. A versão anterior acabou retirada de pauta para aplicação das melhorias indicadas.

O projeto inicial, feito a cargo do então secretário municipal Luciano Lara, previa o montante equivalente a 20% do total arrecado sendo destinado para a Prefeitura.

Estimativas feitas ainda durante o processo de elaboração do projeto apontam para arrecadação em torno de R$ 300 mil mensalmente.

Os vereadores devem focar suas análises nas sugestões de delimitação de cobrança, tempo determinado para ocupação de vaga e forma de pagamento.

Interessados

A proposta foi entregue na Câmara nesta quarta-feira (10) em confirmação da expectativa sobre a pauta. Conforme informações trocadas entre agentes envolvidos no debate sobre o projeto, ao menos três empresas locais já estão formalizadas e aptas a participarem da disputa.

O novo projeto ainda não foi debatido junto ao Conselho Municipal de Trânsito (Comtran), de acordo com seu presidente, Hilton De Franceschi.

 

 

 

 

fonte Jornal O Correio

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *