Passagens dos √īnibus urbanos de Cachoeira ir√£o para R$ 3,60 a partir de domingo

A partir da meia-noite deste domingo (16) entra em vigor uma reposição  da tarifa de transporte coletivo urbano de Cachoeira do Sul, que passará para R$ 3,60 e R$ 1,80 a passagem escolar. Como a tarifa hoje é R$ 3,30, o reajuste foi de 9,09%. A decisão foi tomada após um encontro entre o prefeito Sergio Ghignatti, os conselheiros do Conturb e o os representantes da TNSG, Waldir Souza e Rogério Germano. O prefeito disse que vai analisar novos valores em 90 dias.

O presidente da Cacisc, F√°bio Silva, relator da proposta, disse que estudou os dados apresentados para entender a origem de cada um e chegar a uma decis√£o justa, que gerasse o menor impacto √† popula√ß√£o e aos empres√°rios. No seu entendimento, dois pontos das informa√ß√Ķes entraram em discord√Ęncia. ‚ÄúUm deles foi o √≠ndice utilizado para a manuten√ß√£o dos ve√≠culos, classificado em m√≠nimo, m√©dio e m√°ximo‚ÄĚ, afirmou, acrescentando que enquanto a empresa utilizou o m√°ximo, a Prefeitura utilizou o m√©dio.

Para F√°bio, outro ponto de discord√Ęncia foi o valor do diesel. A Prefeitura utilizou o valor de R$ 3,10 enquanto a TNSG usou o valor de R$ 3,35. Assim, a sua sugest√£o foi de que o valor da passagem deveria passar para R$ 3,69, enquanto a Prefeitura sugeriu R$ 3,52 e a TNSG pediu R$ 3,74.

ATENÇÃO

Já o representante da Associação dos Contabilistas, Roberto Drews, sugeriu o valor de R$ 3,60 para a passagem, proposta aprovada por Fábio Silva (Cacisc), Luis Aníbal Machado (Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviários e presidente do Conturb) e Vitor Baisch (Sincasul). A sugestão foi aprovada pelo prefeito Ghignatti que também concordou com a proposta de estudar novos valores em 90 dias.

O QUE DIZ A EMPRESA

Os representantes da TNSG, Waldir Souza e Rog√©rio Germano, afirmam que j√° trabalham no vermelho h√° dois anos. ‚ÄúQueremos que os nossos custos sejam cobertos para podermos reinvestir. Nossa tarifa est√° defasada‚ÄĚ, reclamou Waldir.

Para embasar o pedido de reajuste para R$ 3,74, os empres√°rios afirmaram que gastam muito mais do que o valor m√°ximo previsto para a manuten√ß√£o dos ve√≠culos, alegando as m√°s condi√ß√Ķes das ruas da cidade. ‚ÄúO prefeito deveria se deter na an√°lise t√©cnica para atender nosso pedido‚ÄĚ, revelou Waldir Souza.