Mesmo com greve de Caminhoneiros, Petrobras anuncia novo aumento para o diesel e a gasolina

Em meio aos protesto de caminhoneiros em todo o País, a Petrobras anunciou nesta segunda-feira (21) novo aumento nos preços do diesel e gasolina , válidos nas refinarias a partir desta terça-feira (22). A gasolina subirá 0,9% e o diesel 0,97%. Com a alta, o preço da gasolina passará a custar R$ 2,0867 nas refinarias, enquanto o do óleo diesel sobe para R$ 2,3716.

Este √© o 11¬ļ aumento do pre√ßo da gasolina nos √ļltimos 17 dias. A exce√ß√£o ocorreu entre os dias 12 e 15 deste m√™s, quando a estatal interrompeu a sequ√™ncia de altas ao manter o pre√ßo da gasolina em R$ 1,9330, e entre os dias 19 e 21 quando os pre√ßos passaram para R$ 2,0680. Ao longo do m√™s de maio, o pre√ßo da gasolina subiu 16,07%.

O produto iniciou o m√™s custando R$ 2,0877 na porta das refinarias, sem a incid√™ncia de impostos, e passar√° a valer a partir da meia-noite de hoje R$ 2,0867, contra os R$ 2,0680 que vigora desde o √ļltimo aumento, no s√°bado passado (19).

J√° o √≥leo diesel, que aumentar√° 0,97%, acumula alta de 12,3% desde o dia 1¬ļ de maio. Com o √ļltimo aumento, o pre√ßo do produto passar√° de R$ 2,3488 ‚ÄĒ pre√ßo que passou a valer tamb√©m no √ļltimo s√°bado ‚ÄĒ para R$ 2,3716. √Č o s√©timo aumento consecutivo do produto.

A Petrobras rebate as criticas √†s altas constantes dos derivados a atribui as eleva√ß√Ķes de pre√ßos √†s oscila√ß√Ķes do pre√ßo do barril do petr√≥leo no mercado externo. Segundo a estatal, “os combust√≠veis derivados de petr√≥leo s√£o commodities e t√™m seus pre√ßos atrelados aos mercados internacionais, cujas cota√ß√Ķes variam diariamente, para cima e para baixo”.

Segundo a companhia, a variação dos preços nas refinarias e terminais é importante para que a empresa possa competir de forma eficiente no mercado brasileiro.