Governo diz que ocorreu queda nos homicĂ­dios e latrocĂ­nios no primeiro semestre no RS

Os crimes contra a vida mantiveram, no primeiro semestre de 2018, a tendĂȘncia de queda no Rio Grande do Sul. O balanço dos dados estatĂ­sticos da criminalidade, apresentado pela Secretaria da Segurança PĂșblica (SSP) nesta terça-feira (10), aponta redução de 35,6% nos Ă­ndices de latrocĂ­nio e 25,7% nos homicĂ­dios, em comparação ao mesmo perĂ­odo no Ășltimo ano.

Em Porto Alegre, as ocorrĂȘncias de homicĂ­dio doloso diminuĂ­ram 19,8% e as de latrocĂ­nio 30%. A diminuição do nĂșmero de vĂ­timas fatais nos Ă­ndices de homicĂ­dio doloso tambĂ©m se manteve, chegando a 25,7% no estado e 19,8% em Porto Alegre – um total de 393 mortes a menos no RS e 56 vĂ­timas a menos em Porto Alegre, em comparação com o mesmo perĂ­odo em 2017.

Ao todo, 17 indicadores são analisados. Eles representam os crimes de maior potencial ofensivo contra a vida e contra o patrimÎnio. Confira, abaixo, a relação completa dos indicadores apresentados pelo secretårio Cezar Schirmer, em entrevista coletiva:

– HomicĂ­dio doloso: – 25,7%
– LatrocĂ­nios: – 35,6%
– Furtos: – 14,2%
– Abigeato: – 29,7%
– Furto de veĂ­culos: – 15,5%
– Roubos: – 22,7%
– Roubos de veĂ­culos: – 8,6%
– Estelionato: – 5,9%
– Furtos de bancos: – 32,4%
– Roubo de bancos: – 6,1%
– Furto de comĂ©rcio: – 22,8%
– Roubo de comĂ©rcio: – 29,8%
– Roubo de usuĂĄrios de transporte coletivo: – 55,9%
– Roubo de profissionais de transporte coletivo: – 35,7%
– Ameaça contra mulheres: – 5%
– LesĂŁo corporal contra mulheres: – 5,3%
– Estupro de mulheres: 3,9%