FETAG inicia parceria com governo Eduardo Leite

O governador eleito do Estado, Eduardo Leite, foi convidado pela dire√ß√£o da FETAG para tomar um caf√© com produtos da agricultura familiar. O motivo do encontro foi fazer uma aproxima√ß√£o com o novo chefe do Executivo, que a partir de 1¬į de janeiro assumir√° o comando do Rio Grande do Sul nos pr√≥ximos quatro anos. Na campanha eleitoral, a FETAG entregou uma pauta a todos os candidatos que visitaram a Casa da FETAG na Expointer, entre eles Leite. E nesta manh√£ foi a oportunidade de falar pontos espec√≠ficos da pauta ao novo governador, como a manuten√ß√£o da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), uma das pastas que tem rela√ß√£o direta com a agricultura familiar.
O presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva, considerou importante a visita do governador eleito √† Federa√ß√£o, mesmo antes dele assumir, permanecendo por mais de uma hora para escutar, atentamente, as demandas da agricultura familiar. “Refor√ßamos o conte√ļdo da pauta entregue em Esteio e fizemos alguns questionamentos, como, por exemplo, o que pensa da SDR, se vai mant√™-la ou n√£o. Dissemos a ele que, para a FETAG, √© uma quest√£o de honra a manuten√ß√£o da pasta em decorr√™ncia do trabalho que ela vem desenvolvendo, assim como sua relev√Ęncia √†¬† agricultura familiar. Ouvimos que n√£o est√° em seus planos extinguir a SDR”, revelou.
Joel e seus colegas de diretoria falaram, ainda, em sa√ļde, educa√ß√£o, meio ambiente, Secretaria da Agricultura, Nota Fiscal Eletr√īnica, Bloco do Produtor, fortalecimento da Emater, seja financeiramente como na melhoria de sua estrutura. “Constatamos que ele est√° alinhado com as nossas propostas, considerando-as interessantes, bem como colocando seu futuro governo √† disposi√ß√£o para trabalhar de forma conjunta. Ent√£o, esperamos que as pessoas que trabalharem com Eduardo Leite tenham um perfil bem definido, isto √©, sejam conhecedores da √°rea de atua√ß√£o, bem como articuladores. Que ou√ßam as entidades antes de criar pol√≠ticas para que possam ser constru√≠das de forma conjunta. Ficamos felizes por ele afirmar que assim trabalhar√° e de portas abertas √† FETAG e demais entidades do setor”, completou.
Leite disse que a FETAG representa parcela importante da comunidade ga√ļcha e por conseguinte da economia. “Eu tenho certeza que poderemos atuar nos pr√≥ximos quatro anos muito em parceria em prol do interesse de todos os ga√ļchos, num meio rural com qualidade de vida e com oportunidades para trabalhar e gerar desenvolvimento, emprego e renda. Com certeza teremos boas parcerias e estaremos de portas abertas. Ficamos felizes por encontrar aqui na FETAG uma entidade aberta¬† em prol do desenvolvimento do RS”, observou.
Em rela√ß√£o a manuten√ß√£o da SDR, Leite qualificou como uma demanda leg√≠tima. “Estamos construindo um modelo de governo e trabalhamos com a l√≥gica da manuten√ß√£o da SDR. Nas pr√≥ximas semanas ajustaremos o formato final de como dever√° ser a estrutura de governo, mas podem ter certeza de que o apoio ao pequeno produtor e a defesa do trabalhador da √°rea rural estar√£o representados em nosso governo”, garantiu.¬† Al√©m de Joel, participaram o vice-presidente Nestor Bonfanti, L√©rida Pavanelo, coordenadora estadual de Mulheres, Elisete Hintz, tesoureira-geral, e Diana Han Justo, 1¬™ secret√°ria. Leite esteve acompanhado do vice-governador Ranolfo Viera J√ļnior e demais assessores.