Estudo do Curso de Engenharia da UFSM/Cachoeira, diz que Prefeitura tem que promover melhorias nos trânsito das 5 esquinas

Alunos do curso de Engenharia de Transportes e Logística da UFSM/Cachoeira do Sul apresentaram nesta terça-feira (9) a pesquisa realizada na interseção conhecida como Cinco Esquinas, na zona norte da cidade, uma região de trânsito intenso de veículo e passagem de pedestres. Os dados fazem parte de ações do projeto de extensão “Planejamento Colaborativo da Mobilidade Urbana” e servirão para melhorias na área pela Prefeitura.

As sugestões dos estudantes para melhorar o tráfego nas Cinco Esquinas:

– Instalação de semáforos para pedestres

– Regularização da iluminação pública no local para dar mais visibilidade na interseção durante a noite

– Troca dos semáforos convencionais por semáforos de led

– Introdução de faixas de pedestres no sistema viário

– Aumento da distância de estacionamento desde a linha de retenção

– Melhoria da sinalização horizontal e vertical

– Colocação de tachas na via para uma melhor sinalização

– Otimização do tempo de ciclo dos semáforos, bem como a melhoria da pavimentação.

 Os alunos são das disciplinas de Engenharia de Tráfego I e II, do curso de Engenharia de Transportes e Logística da UFSM-CS. Além dos estudantes e professores do curso, participaram nas apresentações do estudo a arquiteta da Prefeitura de Cachoeira do Sul, Márcia Gonçalves Heck.

O levantamento foi realizado durante nos dias 07, 17 e 18 de maio e 13 e 19 de junho deste ano.  Os acadêmicos realizaram contagens de tráfego e medições da velocidade durante 12 horas em cada dia, das 7h às 19h, com o objetivo de conhecer a demanda horária de veículos e pedestres na interseção, assim como definir as horas de pico de diferentes dias da semana.

Auxiliaram no processo, militares do 3º Batalhão de Engenharia de Combate, pesquisadores docentes do Laboratório de Mobilidade e Logística (LAMOT) da UFSM-CS e acadêmicos voluntários dos outros quatros cursos do campus.

IMPORTANTE

A atividade atende a um pedido da Prefeitura que solicitou ao LAMOT uma análise dos problemas de trânsito e mobilidade das Cinco Esquinas. Com os dados coletados e os conceitos adquiridos nas disciplinas, os grupos elaboraram um relatório de diagnóstico da interseção estudada e propostas de melhorias para a mesma.

A ideia é que agora a equipe do projeto de “Planejamento colaborativo da Mobilidade Urbana” reúna os quatro relatórios entregues pelos alunos das disciplinas, complemente o que for necessário e crie um relatório final de diagnóstico e propostas, que será entregue ao prefeito Sérgio Ghignatti até o final do mês de agosto.

Fonte: UFSM-CS

Comente este artigo..

Um comentário em “Estudo do Curso de Engenharia da UFSM/Cachoeira, diz que Prefeitura tem que promover melhorias nos trânsito das 5 esquinas

  • 11 de julho de 2019 em 10:56
    Permalink

    Soluções simples, com custo relativamente baixo perto de uma desapropriação de terreno.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *