Estado não terá campanha de vacinação específica contra o sarampo

O Rio Grande do Sul não deve ter nenhuma campanha de vacinação específica contra o sarampo afirma a Secretaria Estadual da Saúde (SES). A decisão foi tomada porque o Estado não teve nenhum registro da doença em 2019.

Conforme levantamento da SES, o último caso confirmado no Estado ocorreu em outubro de 2018, em Bagé. Com esse, o Rio Grande do Sul fechou o ano com 47 casos.

No entanto, mesmo sem nenhum caso dessa doença, a SES garante a participação na Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente, prevista para ocorrer de 5 a 23 de agosto. A iniciativa tem como intuito oferecer para a população-alvo as vacinas de rotina e assim melhorar a cobertura vacinal. A tríplice viral, que contém a proteção contra o sarampo, será incluída nesta campanha.

Em 2019, o Brasil já soma 123 casos de sarampo confirmados. Além de São Paulo, há notificações no Rio de Janeiro e no Pará. Em março, o Ministério da Saúde confirmou que o Brasil perderá o certificado de País livre da doença,  depois de um registro endêmico (contraído no país) de sarampo.

 

 

fonte Gaúcha/ZH

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *