Candidatos à direção de escolas estaduais passarão por curso inédito de gestão

As mais de 2,5 mil escolas da rede estadual do Rio Grande do Sul preparam-se para escolher seus diretores para mandados de tr√™s anos. A vota√ß√£o ser√° no dia 27 de novembro. Independentemente de quem tiver mais votos, j√° h√° um vencedor: a educa√ß√£o ga√ļcha. Isso porque, este ano, a Secretaria da Educa√ß√£o (Seduc) promove curso in√©dito de gest√£o para os pr√≥ximos gestores. A primeira fase, no sistema de Ensino a Dist√Ęncia (EaD), come√ßa nesta sexta-feira (9). O link j√° foi disponibilizado e mais de 1,3 mil candidatos (alguns tentando a reelei√ß√£o) se matricularam, desde o dia 5, quando come√ßaram as inscri√ß√Ķes.

‚ÄúQue o Estado atravessa uma situa√ß√£o financeira prec√°ria, n√£o √© mais segredo h√° tempos. Por√©m, mais do que a falta de dinheiro, o que prejudica boa parte das escolas √© a aus√™ncia de t√©cnicas de gest√£o. Assim como professores, merendeiras, secret√°rio e os demais envolvidos com a Educa√ß√£o, √© preciso qualifica√ß√£o constante‚ÄĚ, afirmou o secret√°rio Ronald Krummenauer.

Obrigat√≥rio a diretores e vices a partir da pr√≥xima gest√£o, o curso traz informa√ß√Ķes sobre o funcionamento dos departamentos da Seduc ‚Äď Planejamento, Administrativo, Recursos Humanos, Log√≠stica, Jur√≠dico e Pedag√≥gico. H√°, ainda, conte√ļdo voltado para lideran√ßa e comunica√ß√£o (media training), entre outros. A carga hor√°ria √© de 120 horas, divididas em tr√™s etapas.

‚ÄúSer√° a primeira vez que a Seduc oferece um curso com essa qualidade. Vai ajudar muito na gest√£o de cada um deles‚ÄĚ, avaliou a diretora-adjunta do Departamento de Planejamento (Deplan/Seduc), Neri Barcelos, quer coordenou o grupo de trabalho respons√°vel pela elabora√ß√£o do curso.

No primeiro m√≥dulo, de 20 horas, os diretores aprendem no√ß√Ķes de lideran√ßa e da fun√ß√£o, bem como os atributos principais da administra√ß√£o p√ļblica. Em dezembro, o pr√≥ximo m√≥dulo, de 40 horas, explicar√° o funcionamento e a melhor maneira de encaminhar demandas √† Seduc. O terceiro m√≥dulo, tamb√©m de 40 horas, a ser realizado no in√≠cio do pr√≥ximo ano, mostra a√ß√Ķes indispens√°veis ao cotidiano de quem faz a gest√£o escolar.

Elei√ß√Ķes

O prazo para inscri√ß√£o das chapas terminou em 1¬ļ de novembro. At√© esta quinta-feira (8), as comiss√Ķes eleitorais de cada institui√ß√£o de ensino v√£o analisar os pedidos de impugna√ß√£o. Na sexta-feira (9), as candidaturas precisam estar homologadas. Cada escola fica respons√°vel por divulgar, junto √† comunidade escolar, a realiza√ß√£o da elei√ß√£o, que ocorrer√° entre 20h e 21h do dia 27 de novembro.

De acordo com a portaria 314/2018, est√£o aptos a votar os alunos matriculados a partir do 5¬ļ ano (ou maiores de 12 anos), os pais dos menores de 18 anos (m√£e, pai ou respons√°vel, valendo apenas um voto por fam√≠lia), os professores e os demais servidores, nomeados ou tempor√°rios.

Para se candidatar, √© preciso ser membro do magist√©rio ou servidor da escola e ter curso superior na √°rea da Educa√ß√£o. N√£o poder√£o participar candidatos condenados em processo disciplinar administrativo em √≥rg√£o da administra√ß√£o p√ļblica nos √ļltimos cinco anos, ocupantes de cargo eletivo regido pela Justi√ßa Eleitoral e sentenciados penalmente nos √ļltimos cinco anos.

As elei√ß√Ķes n√£o ocorrer√£o nas escolas ind√≠genas, nos N√ļcleos de Educa√ß√£o de Jovens e Adultos (Neejas), nas escolas da Funda√ß√£o de Atendimento Socioeducativo (Fase) e Centros de Atendimento Socioeducativo (Cases) e nas escolas que tiverem em efetivo exerc√≠cio apenas um membro do magist√©rio, dada as especificidades e peculiaridades dos referidos estabelecimentos.