Campus da UFSM/Cachoeira tem 140 vagas pelo Sisu

O campus da UFSM em Cachoeira do Sul, que a partir do dia 11 de março se transfere para os prédios construídos na localidade de Passo D’Areia, tem 140 vagas pelo Sisu das 190 oferecidas pela instituição. Na primeira chamada, segundo o diretor do campus, professor Rogério Brites, somente 40 foram preenchidas. A expectativa fica por conta da segunda chamada que acontecerá na próxima sexta-feira, dia 15.

O diretor salienta que os interessados devem confirmar a vaga na UFSM em Santa Maria. “Para tanto, os estudantes devem se dirigir à universidade que receberá a confirmação das 14h às 17h”, afirmou, acrescentando que é importante a leitura do edital que se encontra no site da UFSM. Ele disse que nesta segunda chamada é certo que as vagas serão preenchidas, porque a UFSM tem recebido muitos contatos solicitando informações sobre o campus de Cachoeira do Sul.

AS AULAS

O campus tem hoje 715 alunos, mas a previsão é chegar a 800. Em agosto quando a UFSM chegará aos cinco anos de funcionamento em Cachoeira do Sul, será realizada a primeira formatura no município envolvendo três cursos: Engenharia Elétrica, Mecânica e Agrícola.

Três prédios serão ocupados no campus que ainda continuará com obras para o complemento do projeto.  Segundo o professor Rogério Brites, serão ocupados três prédios (dois com sala de aula e um como lancheria para as refeições dos estudantes). O prédio da casa do estudante deverá ficar pronto em setembro, mas antes haverá conclusão em abril de um prédio para sala, em maio outro e mais dois para laboratórios. A UFSM já desocupou parte do prédio do Colégio Totem, mas ainda terá aulas na Universidade Aberta do Brasil (UAB) e na Uergs. As aulas no campus acontecerão nos turnos da manhã, tarde e noite.

INVESTIMENTO

Dos 120 milhões previstos para a implantação do campus, R$ 22,5 milhões foram recursos próprios da UFSM e R$ 14,5 milhões do governo federal. Em 2018, foram liberados R$ 10 milhões.

OS CURSOS

O Campus da UFSM em Cachoeira do Sul (UFSM-CS) iniciou suas atividades em 11 de agosto de 2014. Atualmente conta com cinco cursos de graduação:  Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Agrícola, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica e Engenharia de Transportes e Logística. O ingresso de novos alunos é semestral e realizado através do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), no qual é utilizada a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

 

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *