Apenas 1,6% da população brasileira doa sangue; jovens são maioria

Dados do Minist√©rio da Sa√ļde mostram que, atualmente, 1,6% da popula√ß√£o brasileira doa sangue ‚Äď o que significa um √≠ndice de 16 doadores para cada grupo de mil habitantes. Jovens com idade entre 18 e 29 nos, segundo a pasta, s√£o maioria – respondem por 42% do total de doa√ß√Ķes registradas no pa√≠s.

No Dia Mundial do Doador de Sangue, que ocorreu nesta quinta-feira (14), o ministério lançou campanha para homenagear doadores e sensibilizar novos voluntários. Nesta época do ano, é comum uma baixa nos estoques de sangue em razão da proximidade das férias escolares e das festas de São João, além da chegada do inverno.

Em 2017, 3,3 milh√Ķes de pessoas doaram sangue e 2,8 milh√Ķes fizeram transfus√£o sangu√≠nea no pa√≠s. Do total de doadores, 60% s√£o homens. O pa√≠s conta com um total de 32 hemocentros coordenadores e 2.034 servi√ßos de hemoterapia. A previs√£o para 2018 √© de investimentos na ordem de R$ 1,3 bilh√£o na rede de sangue e hemoderivados.

Condi√ß√Ķes para doar

No Brasil, pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Para menores de 18 anos, é necessário o consentimento dos responsáveis e, entre 60 e 69 anos, a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos.

Al√©m disso, √© preciso pesar, no m√≠nimo, 50 quilos e estar em bom estado de sa√ļde. O candidato deve estar descansado, n√£o ter ingerido bebidas alco√≥licas nas 12 horas anteriores √† doa√ß√£o e n√£o estar de jejum.

No dia, √© imprescind√≠vel levar documento de identidade com foto.¬†A frequ√™ncia m√°xima √© de quatro doa√ß√Ķes anuais para o homem e de tr√™s doa√ß√Ķes anuais para a mulher. O intervalo m√≠nimo deve ser de dois meses para os homens e de tr√™s meses para as mulheres.