Alunos dos 4¬ļ e 5¬ļ anos tamb√©m v√£o participar da Olimp√≠ada Brasileira de Matem√°tica

Os alunos dos 4¬ļ e 5¬ļ anos do ensino fundamental de escolas p√ļblicas municipais, estaduais e federais v√£o poder participar da Olimp√≠ada Brasileira de Matem√°tica das Escolas P√ļblicas (Obmep). A amplia√ß√£o do p√ļblico da competi√ß√£o, que antes era do 6¬ļ ano do fundamental ao 3¬ļ ano do m√©dio, foi anunciada na ter√ßa-feira (11) pelo Instituto de Matem√°tica Pura e Aplicada (Impa).

De acordo com o Minist√©rio da Educa√ß√£o, com a inclus√£o dessas s√©ries, o n√ļmero de inscritos poder√° subir de¬†18,2 milh√Ķes de crian√ßas e jovens para¬†23,4 milh√Ķes. O √≥rg√£o lembra que a Obmep alcan√ßa praticamente todos os estudantes do sexto ano do ensino fundamental ao √ļltimo ano do ensino m√©dio e, desde 2017, inclui os de escolas particulares.

Ainda de acordo com o MEC, a competi√ß√£o para as duas novas s√©ries participantes j√° foi testada no Rio de Janeiro¬†em 30 de agosto, com participa√ß√£o de 16,3 mil alunos. Os demais estudantes do Brasil recebem as provas em 30 de outubro e v√£o responder a 20 quest√Ķes objetivas. A inscri√ß√£o, gratuita, deve ser feita¬†pelas secretarias municipais, estaduais e por representantes das escolas federais¬†at√© 10 de outubro no¬†site da Obmep.

Sobre a Obmep

A Olimp√≠ada de Matem√°tica √© um projeto criado em 2005, a exemplo de outros pa√≠ses, para estimular o estudo da matem√°tica e identificar talentos na √°rea.¬†Anualmente, estudantes de escolas p√ļblicas e privadas participam da competi√ß√£o em duas etapas: prova objetiva de m√ļltipla escolha, aplicada a todos os inscritos do Pa√≠s, e prova discursiva, destinada aos selecionados na primeira fase.

Entre os objetivos da Obmep est√£o tamb√©m contribuir para a melhoria da qualidade da educa√ß√£o b√°sica; estimular o ingresso de jovens em universidades, em especial nas √°reas cient√≠ficas e tecnol√≥gicas; incentivar o aperfei√ßoamento dos professores das escolas p√ļblicas e promover a inclus√£o social por meio da difus√£o do conhecimento.

O projeto √© organizado pelo Instituto Nacional de Matem√°tica Pura e Aplicada (IMPA), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matem√°tica (SBM), e promovido com recursos do Minist√©rio da Educa√ß√£o e do Minist√©rio da Ci√™ncia, Tecnologia, Inova√ß√Ķes e Comunica√ß√Ķes.

Fonte: Governo do Brasil, com informa√ß√Ķes do¬†MEC¬†e do¬†Mctic