Sem poder funcionar, Parque de Diversões na Noêmia conta com a solidariedade dos Cachoeirenses

Devido à pandemia do coronavírus, alguns setores estão impedidos de trabalhar, principalmente, os que envolvem aglomeração de público. Neste contexto, estão inseridos, por exemplo, os parques de diversões. Um deles, cujos proprietários são uruguaios, está desde março em Cachoeira do Sul .

Trata-se do Parque de Diversões Estrela que chegou a funcionar durante duas semanas em fevereiro no Campo da Bica, no Bairro Noêmia, na zona norte da cidade, mas devido à pandemia teve que encerrar suas atividades. Os donos desmontaram todos os equipamentos, mas não foram embora da cidade. Eles contaram com a ajuda de famílias, que residem nas proximidades do Campo da Bica e lá estão até hoje.

Uma família cedeu um terreno onde foram colocados os equipamentos, trailer, toldos e veículos. Neste local estão dez pessoas. Energia elétrica e água são fornecidas por um morador e, para garantir o sustento, o casal proprietário confecciona maçã do amor. Todos os dias, uma camioneta com sistema de som percorre os bairros e a área central comercializando a maçã do amor.

Os donos, que não quiseram se identificar, disseram que ficarão em Cachoeira até que sejam liberadas as atividades de parque de diversões. Eles revelam que são gratos pela solidariedade recebida da comunidade do Bairro Noêmia e garantem que pagam um percentual pela água e energia elétrica, que são fornecidos por um vizinho do terreno que ocupam há três meses.

fonte O Correio/Radio Fandango FM

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *